Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Mais de 200 feridos na festa dos campeões em Madrid

Sportinveste 25/05/2014 Fonte: Sportinveste Multimédia
Real: aí está a Décima! © Sportinveste Multimédia Real: aí está a Décima!

Celebração da conquista da Décima reuniu meio milhão na capital espanhola, verificando-se pequenos acidentes no meio de tanta euforia.

Mais de 200 pessoas registaram ferimentos leves durante as celebrações da conquista da 10ª Liga dos Campeões pelo Real Madrid, que decorreram na madrugada deste domingo na praça Cibeles, no centro da capital espanhola.

Fonte dos serviços de emergência explicou que 36 dos feridos necessitaram de ser transferidos para hospitais da cidade.

A maioria dos feridos sofreu entorses, tonturas, pequenas contusões ou crises de ansiedade.

Milhares de adeptos concentraram-se, esta madrugada, na praça de Cibeles, no centro de Madrid, para receber em festa os jogadores do Real Madrid, por quem esperaram várias horas.

A equipa saiu do aeroporto Adolfo Suárez Madrid-Barajas por volta das 04h30 (03h30 em Lisboa), com Raúl González e Emilio Butragueño a liderarem a comitiva.

Cristiano Ronaldo foi um dos primeiros a aparecer e Sérgio Ramos, autor do golo que permitiu ao Real restabelecer a igualdade com o Atlético de Madrid (1-1), o responsável por carregar a taça.

Depois de deixar o aeroporto, onde estavam centenas de adeptos, o autocarro que transportava os jogadores do Real Madrid seguiu para o Estádio Santiago Bernabéu, onde o clube instalou quatro ecrãs gigantes, no centro do campo para permitir acompanhar a final de Lisboa, na qual o Real bateu o seu rival citadino Atlético por 4-1, após prolongamento.

Já junto ao estádio, de acordo com os 'media' espanhóis, os jogadores e equipa técnica do Real Madrid subiram a bordo de outro autocarro, desta feita, descapotável com destino à praça de Cibeles, onde o clube celebrou pela última vez um título em abril, no caso a Taça do Rei, e onde celebrou pela última vez uma Liga de Campeões Europeus na temporada 2001-2002.

O atraso na chegada não colocou, contudo, em causa a possibilidade de a equipa não se encontrar com os seus adeptos na praça, embora 04h30 (03h30 em Lisboa) fosse a hora estabelecida como limite para os festejos.

De acordo com a Real Madrid TV, cerca de 500 mil pessoas celebravam nas ruas a conquista, apesar do adiantado da hora.

Além das celebrações desta madrugada, o Real Madrid volta a convidar os adeptos para uma festa que começa cerca das 19h00 deste domingo no Santiago Bernabéu.

Fonte: OJOGO

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon