Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Malaio acusado de violar filha adolescente durante dois anos

Logótipo de O Jogo O Jogo 10/08/2017 Administrator

Um tribunal da Malásia apresentou, na quarta-feira, mais de 600 acusações de violação, sodomia e agressão sexual contra um homem que alegadamente abusou da sua filha adolescente durante os últimos dois anos, noticia hoje a imprensa local.

O Ministério Público malaio precisou de dois dias para ler as 626 acusações que são imputadas ao homem, um agente de um fundo de investimento, de 36 anos, que terá abusado sexualmente da sua filha, de 15 anos, em Petaling Jaya, nos subúrbios de Kuala Lumpur, segundo o jornal The Star.

A adolescente terá começado a ser alvo de abusos quando foi morar com o pai depois do divórcio dos seus progenitores, em 2015.

O homem foi detido no passado dia 26 de julho, um dia depois de a mãe da ex-mulher, que ficou com a custódia de duas filhas menores, ter apresentado queixa na polícia quando tomou conhecimento dos abusos de que era alvo a sua filha mais velha.

A adolescente contou à mãe depois de o seu pai ter revelado os seus planos para que as suas outras duas filhas fossem viver com ele, segundo explicou Nordalina Ali, do Ministério Público, ao portal Malaysiakini. Segundo a mesma responsável, a vítima sofria abusos de "forma rotineira" e até várias vezes ao dia.

Se condenado, o homem arrisca uma pena de prisão de entre 20 e 30 anos de prisão, além de vergastadas, por cada uma das acusações.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon