Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Malauianos escapam a linchamento popular durante perseguição policial no centro de Moçambique

Logótipo de O Jogo O Jogo 18/08/2017 Administrator

Dois malauianos escaparam quinta-feira de serem linchados pela população durante uma perseguição pela polícia em Chimoio, província de Manica, centro de Moçambique, disse hoje à Lusa fonte policial.

Os dois homens foram interpelados pela polícia de trânsito junto à (estrada nacional) N6, numa viatura roubada ao Governo do Malaui, e tentaram fugir, tendo a viatura sido imobilizada a tiro, após o que decidiram escapar a pé, por um bairro de Chimoio, disse Leonardo Colher, chefe do departamento das relações publicas do comando da Polícia de Manica.

"Era uma quadrilha de três assaltantes. Quando a viatura foi imobilizada, um foi atingido na perna e outros dois caíram nas mãos da população que, furiosa, agarrou-os e começou a espancá-los", explicou Leonardo Colher, adiantando que os três escaparam com vida e estão agora a receber cuidados médicos no hospital provincial de Chimoio.

A população começou a espancá-los por os ter confundido com ladrões em fuga da polícia, explicou Colher.

O grupo roubou na madrugada da quinta-feira uma viatura todo-o-terreno, do Ministério da Agricultura do Malaui, na região de Balaka.

Após o assalto, acrescentou o porta-voz da polícia, o grupo trocou a matricula malauiana por uma moçambicana falsa, tendo atravessado a fronteira e dirigindo-se em direção à Beira, tendo sido neutralizados a quase 600 quilómetros do local do roubo.

"A polícia tomou conhecimento do caso de roubo de uma viatura do Governo malauiano. Foram acionadas todas as linhas operativas, e os serviços de investigação criminal desdobrou-se no terreno, tendo sido recuperada a viatura, quando intentou uma fuga durante um controlo policial", adiantou Leonardo Colher.

Entretanto a Polícia moçambicana já está a trabalhar com a sua congénere do Malaui, que desde a tarde de hoje se encontra em Manica, para recuperar a viatura e a transferência dos suspeitos para a sua jurisdição no país vizinho.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon