Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Manuel Machado quer Nacional "combativo e organizado" com Sporting

Logótipo de LusaLusa 27/10/2016 João França
JOSÉ COELHO/LUSA © LUSA / JOSÉ COELHO JOSÉ COELHO/LUSA

Funchal, 27 out (Lusa) - O treinador do Nacional, Manuel Machado, recomendou hoje um "nível de organização muito elevado, capacidade de sofrimento, combate e muita solidariedade", para vencer na sexta-feira o Sporting, na nona jornada da I Liga portuguesa de futebol.

Na conferência de imprensa de antevisão ao jogo na Choupana, o técnico dos insulares deu como exemplo o encontro que o Tondela fez em Alvalade, na última jornada (1-1), dando uma “lição de humildade”.

"Os grandes clubes têm grandes orçamentos, que lhes permitem contratar grandes jogadores. Há uma grande diferença entre Benfica, Sporting e FC Porto relativamente às restantes 15 equipas, mas o Tondela, muito recentemente, deu-nos uma grande lição de humildade, empenhamento e organização, criando muitas dificuldades ao Sporting e penso que é por aí que teremos que ir", considerou Manuel Machado.

Confrontado com a derrota caseira (4-0) com o FC Porto, Machado fez uma leitura simples: "Cada jogo é um jogo diferente e o facto de termos perdido em casa, por 4-0, com o FC Porto, vale o que vale, quando estamos a projetar a partida com o Sporting".

Sobre o adversário de sexta-feira, o treinador nacionalista fez referência às perdas do Sporting.

“Perdeu três jogadores de referência, como foram os casos de Slimani, João Mário e, na sexta-feira, não terá o Adrien, por se encontrar lesionado. Faz muita diferença, porque eram referências que não estarão presentes”, avaliou o técnico.

Mesmo assim, Manuel Machado considerou que o confronto com os ‘leões’ “é um jogo de grau de dificuldade muito elevado”, na medida em que vai defrontar “um dos três candidatos ao título, que está a atravessar um período menos positivo e que, com certeza, quererá inverter esse ciclo na Choupana”.

"Quando defrontámos o FC Porto, também vinha de um ciclo de jogos menos conseguidos, mas acabou por inverter essa situação quando nos defrontou na Choupana, mas, na sexta-feira, tudo faremos para que isso não se repita", assegurou Manuel Machado.

Confrontado com os dois jogos com o Paços de Ferreira, que envolveu duas viagens num curto espaço de tempo, Manuel Machado disse que não dificultaram a preparação do jogo com os ‘leões’.

"As dificuldades que temos tido, têm persistido ao nível dos jogadores lesionados, mas, desta feita, não será tanto assim e, apesar do pouco tempo de descanso que tivemos, após os dois jogos com o Paços de Ferreira, não obstou que nos tivéssemos preparado bem para este jogo com o Sporting", garantiu.

A derrota por 4-0 com o Paços de Ferreira, para a Taça da Liga, não afetou o Nacional, “até porque se tratou de um resultado falso, uma vez que até o treinador dos pacenses, também o expressou”.

“Podíamos ter perdido só por 1-0, mas isso não aconteceu e agora temos que olhar para a frente", explicou o treinador dos ‘alvinegros’.

Por isso, Manuel Machado pede aos jogadores que apresentem "um elevado nível de organização, muita capacidade de sofrimento, de combate e muita solidariedade entre os jogadores”, frisando que os seus jogadores, “não vão jogar derrotados”, e irão “à procura de um bom resultado”.

O Nacional, 14.º classificado, com sete pontos, recebe na noite (21:00) de sexta-feira, o Sporting, terceiro colocado, com 17, em jogo da nona jornada da I Liga de futebol, que será arbitrado por Vasco Santos, da AF do Porto.

JOYF // NF

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon