Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Marçal: "Já provei que posso jogar no Benfica"

Logótipo de O Jogo O Jogo 17/04/2017 Alcides Freire

Considerado um dos melhores laterais-esquerdos do futebol francês, o ex-Nacional ainda busca a estreia pelas águias e sente-se preparado para, um dia, dizer aos filhos que jogou no Benfica

Chegou com Jorge Jesus, mas foi emprestado ao Gaziantepspor, da Turquia, e com Rui Vitória seguiu para o Guingamp. Porque a concorrência era de qualidade e quantidade, explica Marçal a O JOGO, que diz nunca ter desanimado e se mostra com vontade de agarrar a oportunidade.

Está em alta no Guingamp e a chamar a atenção. Do Benfica também?

- Estou a chamar atenção de todos os clubes grandes, como é caso do Benfica. Sem entrar em polémica, a ideia é chamar a atenção dos grandes clubes que acabam por ter os melhores laterais. Qual a minha ideia para a próxima temporada? Se quero voltar para o Benfica? Tenho contrato. O normal é voltar, porque o Guingamp não tem opção de compra. Mas o que quero mesmo, seja no Benfica ou fora, é dar um passo em frente na carreira. Jogar num clube maior, na Champions, em grandes palcos.

Já recebeu indicações do Benfica em relação à próxima época?

- Ainda não. E acredito que nem vão fazer isso agora. O Benfica certamente já está de olho na próxima época, mas a equipa está a lutar pelo título agora. Tenho 28 anos, cheguei a custo zero. O Benfica tem Grimaldo, Eliseu, Marcelo Hermes... Tenho boa possibilidade de venda, é a chance de o clube lucrar comigo. Tenho mercado no momento. Mas recrutar-me de volta é uma opção natural também. Estou bem, conheço o futebol português, provei que posso jogar no Benfica. O Eliseu voltou com 30 anos e jogou... O Benfica está por cima neste momento, está tranquilo para decidir o meu futuro, tem boas alternativas. O pior seria eu voltar em baixa e terem de pensar: "Para onde vamos emprestar o Marçal agora?". Quero dar aquele passo... O Benfica também é aquele passo. É o passo que quero dar.

Voltaria sem problemas?

© Fornecido por O jogo

-Se o Benfica disser que quer contar comigo, que vou lutar para jogar... Volto com o maior prazer e vontade. Tenho a certeza que se fizer uma temporada no Benfica, farei melhor ou igual às que tive agora. Vou lutar com quem que seja para ser o melhor lateral do futebol português.

Sente vontade de provar que merece uma oportunidade num grande clube?

-Exatamente. Se não voltar ao Benfica, quero pelo menos dar um passo em frente na carreira. E isso significa ir para um clube grande. Porquê? Gosto de bons testemunhos na minha vida, tenho três filhos. Quero poder responder com propriedade uma eventual pergunta deles nos futuro: "Pai, e o Benfica?". Este é o meu maior desejo. Quero responder: "O pai foi contratado, esteve emprestado duas temporadas, mas voltou e jogou". Ou: "O pai foi contratado, esteve emprestado duas temporadas, não jogou no Benfica, mas batalhou e deu um passo importante em outro grande clube". Percebeu? Quero dizer aos meus filhos que venci na carreira. Quero continuar a subir na minha carreira...

Se tiver que sair, mesmo seja para um grande clube, sai frustrado do Benfica?

- Quero manter a boa sequência. Se conseguir este passo num outro grande clube que não seja o Benfica, vou sentir-me realizado. Apesar de o Benfica não ter apostado em mim, não atirei a toalha ao chão. Mantive e elevei o nível, e consegui chegar a um clube grande.

E encara o possível regresso ao Benfica como um sonho realizado?

-Voltarei com o sentimento de não nunca ter desistido. São poucos os que saíram por empréstimo e conseguiram voltar. Geralmente quem sai e volta tem 20 e poucos anos anos, eu já tenho 28. Eu, na verdade, sinto que poderia ter ajudado o Benfica antes mesmo dos dois empréstimos, cheguei preparado ao clube. Enfim... Voltarei muito contente, muito mesmo. Mas sou uma pessoa muito serena, preparo-me de forma tranquila. Penso sempre que tenho de ser o melhor lateral do campeonato e dar o meu melhor todos os jogos.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon