Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Maré de Agosto com músicas do mundo e cartaz diferenciador, em Santa Maria, nos Açores

Logótipo de O Jogo O Jogo 21/07/2017 Administrator

Músicas do Mundo, de África, Cuba e Estados Unidos, da Irlanda, de França, Espanha e de Portugal, vão cruzar-se nos Açores, no festival Maré de Agosto, nos dias 18 a 20 do próximo mês, anunciou hoje a organização.

Soweto Soul, La Dame Blanche, Saara Bombino e Matt Simons, The Strypes, 3 RD Method e Moullinex são alguns dos nomes para a programação deste ano do festival de Santa Maria, que se realiza todos os anos, desde 1984, de forma ininterrupta, e que apresenta um cartaz diferenciador, afirmando-se como local de partilha de cultura e experiências, salientou a organização.

"Quem vem à Maré, por vezes nem conhece os nomes que estão no cartaz. Vem pela descoberta, pela partilha de cultura, pela partilha de experiências. Somos muito mais que um festival de música", disse o presidente da Associação Cultural Maré de Agosto e diretor do festival, Hélvio Braga, em declarações à agência Lusa.

A organização concluiu hoje a apresentação do cartaz da 33.ª edição do festival mais antigo em continuidade, onde figuram músicos de África, da América e da Europa, músicos do continente e dos Açores, de Cuba, França, Espanha e África do Sul, dos Estados Unidos da América, da Costa do Marfim, de Irlanda e da Nigéria, que vão atuar nos dias 18 a 20 de agosto, na Praia Formosa, em Santa Maria.

"Este é o nosso objetivo apresentar um cartaz que seja diferenciador", salientou Hélvio Braga, destacando que a Maré tem "um espírito muito 'sui generis' e próprio".

Num período em que se realizam vários festivais de música nos Açores, Hélvio Braga justificou como um dos argumentos da Maré de Agosto o fato de ser "um festival de música do mundo" e aquele que no pais se realiza há mais tempo de forma contínua.

O responsável salientou que a organização da Maré promove em Santa Maria espetáculos e bandas que dificilmente se delocariam à região a não ser por altura daquele festival, e tocam músicas de todo o mundo.

A lotação do palco da Maré, a baía da Praia Formosa, ronda as 2.900 pessoas.

O cartaz da 33.ª edição do Festival incluiu os artistas Cristóvam, cantor açoriano nascido na Terceira, Soweto Soul (África do Sul), La Sra. Tomasa (Espanha) e La Dame Blanche (Cuba), que atuam no primeiro dia, 18 de agosto.

No sábado, dia 19, atua o guitarrista e cantor do deserto do Saara Bombino, e ainda Matt Simons (Estados Unidos da América), a banda The Strypes (Irlanda) e 3 RD Method (São Miguel, Açores).

O festival encerra no domingo, dia 20 de agosto, com as atuações de Retimbrar, uma banda jovem do Porto, e ainda Les Freres Smith (França), Tiken Jah Fakoly (Costa do Marfim) e Moullinex (Portugal).

Hélvio Braga adiantou que serão três atuações por noite.

Mas, ao final da noite, em vez do tradicional encerramento por um DJ, estarão em palco vários DJ em formato 'live set', com música produzida ao vivo - a principal novidade da componente do cartaz da edição deste ano.

"E há ainda uma surpresa que passará pela atuação do DJ residente, se os concertos terminarem muito cedo, para prolongar a noite até as seis da manhã", acrescentou, indicando que o festival incluiu ainda uma exposição de fotografia, lançamento de um livro e provas desportivas, entre outras atividades.

Durante a realização do festival a população da ilha de Santa Maria, onde residem cerca de 5.500 pessoas, duplica.

Na página oficial da Maré de Agosto, www.maredeagosto.com, estão disponíveis informações relativas ao programa, campismo, bilhetes e transportes.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon