Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Marcano: "Partida do Bessa marca um antes e um depois"

Logótipo de O Jogo O Jogo 16/03/2017 Hugo Monteiro
© Fábio Poço/Global Imagens

Marcano fala sobre a comunhão entre equipa e os adeptos. Objetivo é retribuir com títulos, conforme realça numa entrevista ao Porto Canal.

Dar títulos aos adeptos: "Está claro. Estou aqui há dois anos, dois anos sem títulos. Eu venho da Rússia, sobretudo porque quero viver o futebol de uma forma forte, intensa, e sei que o FC Porto vive o futebol dessa maneira. Quero viver para ganhar, quero jogar para ganhar e não conseguimos isso nestes dois anos que cá estou. Fiz um esforço real para vir para aqui e tentar ganhar e ainda não consegui, imagino os adeptos que são de um clube grande e estão habituados a ganhar. Quando se habituam a ganhar, querem ganhar sempre. Por nós e por eles, temos que ganhar".

A fortaleza, tão falada por Nuno Espírito Santo: "Sim, mas nós é que temos de fazer com que os adeptos queiram vir ver os jogos. Nós é que precisamos deles, nós temos que dar tudo para que eles venham. Este ano, que as coisas estão a correr bem, eles acompanham-nos não só em casa, mas também fora. A partida no Bessa espetacular, as seguintes também. Este ano há uma grande comunhão entre adeptos, jogadores e clube".

Bessa e não só, mas no Bessa foi um apoio muito forte: "Foi como jogar em casa. A comunhão adeptos/jogadores foi incrível. Essa partida também marca um antes e um depois de como os adeptos vêm a equipa, que creem que esta temporada pode ser".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon