Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Marcelo diz que dados da economia são "boa notícia" mas "é preciso mais"

Logótipo de O Jogo O Jogo 31/08/2017 Administrator

O Presidente da República considerou hoje que o crescimento económico de 2,9% no segundo trimestre é "uma boa notícia" e que Portugal vai "no caminho correto", mas salientou que "é preciso mais", apontando a meta dos 3%.

"É uma boa noticia, vamos no caminho correto e ainda bem que vamos. No entanto, eu penso que é preciso mais, é preciso um pouco mais. Eu tenho falado em 3% ou acima de 3%", afirmou Marcelo Rebelo de Sousa, na Póvoa de Lanhoso, à margem da cerimónia que assinalou os 100 anos do Hospital da Misericórdia local.

O chefe de Estado alertou que é "sobretudo preciso ir acompanhando não só o que se passa lá fora" mas também a evolução da economia nacional até ao final de 2017, salientando a importância da Autoeuropa para o crescimento económico português, sem, no entanto, comentar o conflito laboral que a multinacional enfrenta.

"Não é indiferente a capacidade de exportação da Autoeuropa no resultado do crescimento económico no final do ano", afirmou o Presidente da República.

Questionado sobre a greve dos trabalhadores da Autoeuropa, Marcelo Rebelo de Sousa escusou-se a comentar.

"Não comento situações laborais da empresa. Eu limito-me a reafirmar o que afirmei quando estive na Autoeuropa. A Autoeuropa tem um contributo decisivo no crescimento económico português, quer através do modelo que arranca agora, quer através de outros futuros possíveis modelos, e é importante para Portugal que esse contributo esteja presente", referiu.

A economia portuguesa cresceu 2,9% no segundo trimestre deste ano em termos homólogos e 0,3% face ao trimestre anterior, de acordo com os números hoje divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Nas contas nacionais trimestrais relativas ao segundo trimestre deste ano, o INE reviu em alta o cálculo do crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) da economia portuguesa face à estimativa rápida que tinha divulgado em 14 de agosto.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon