Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Marco Silva atira-se aos críticos: "Não fizeram o trabalho de casa sobre mim"

Logótipo de O Jogo O Jogo 15/04/2017 Rui Trombinhas
© Fornecido por O jogo

Treinador português lembra os primeiros tempos passados no comando técnico do Hull City

É, claramente, um dos treinadores do momento no futebol inglês, mas teve de trabalhar e conseguir resultados para obter o respeito dos analistas. Agora, em entrevista ao The Telegraph, lembra os dias iniciais depois de chegar ao Hull City e as palavras menos simpáticas que teve de ler e ouvir. "Não fizeram o trabalho de casa sobre mim e a minha carreira, pois não?"

Sem dar demasiada importância ao assunto, Marco Silva prossegue referindo que a primeira tarefa, junto do grupo, foi passar a mensagem de que tudo era possível, no caso, a permanência na Premier League. "Acreditava, claro. Se não acreditasse, não estaria cá. Não sou louco". O treinador português pediu ao plantel para que estivessem abertos a mudanças que foram desde o treino à nutrição, destacando que, apesar do que já foi conseguido - o Hull já saiu da zona de despromoção - nada está alcançado em definitivo. "Quero continuar focado. Fizemos coisas boas até agora e toda a gente sabe que estamos aqui para lutar. Talvez há três meses ninguém acreditasse", destacou.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon