Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Maria dos Anjos Capote deixa CGD para ser juíza conselheira do Tribunal de Contas

Logótipo de O Jogo O Jogo 27/10/2017 Administrator

A vogal não executiva do Conselho de Administração da Caixa Geral de Depósitos (CGD) Maria dos Anjos Melo Machado Nunes Capote renunciou por ter sido nomeada juíza conselheira do Tribunal de Contas, anunciou hoje o banco público.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a CGD "informa ter formalmente recebido a renúncia da senhora Dra. Maria dos Anjos Melo Machado Nunes Capote, membro não executivo do Conselho de Administração da CGD, S.A. eleito para o mandato de 2017-2020, considerando a sua nomeação como juíza conselheira do Tribunal de Contas".

Nascida em 17 outubro de 1957, Maria dos Anjos Melo Machado Nunes Capote foi secretária de Estado do Tesouro e Finanças no governo de Francisco Pinto Balsemão (PSD/CDS/PPM), de janeiro a setembro de 1981.

Entre outras funções, integrou o Conselho de Administração da CMVM e foi diretora-geral do Tesouro, de acordo com o currículo disponível no 'site' do banco público.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon