Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Mariza, Bonga, Trevo e Tais Quais a abrir o Festival O Sol da Caparica

Logótipo de O Jogo O Jogo 08/08/2017 Administrator

Mariza, Bonga, Trevo e Tais Quais fazem parte do cartaz do dia de abertura, na quinta-feira, do Festival O Sol da Caparica, um evento que aponta a Língua Portuguesa "o vetor mais forte".

O festival acontece de quinta-feira até domingo de manhã no parque urbano da Costa de Caparica, em Almada.

"A Língua Portuguesa é o vetor mais forte e, ao mesmo tempo, um forte ponto de encontro" d'O Sol da Caparica, salientou o vice-presidente da Câmara Municipal de Almada, José Gonçalves.

Nesta 4.ª edição, o festival apresenta, entre outros, nomes como Carlos do Carmo, Teresa Salgueiro, Rita Guerra, HMB, António Zambujo, Matias Damásio, Djodje, Dealema, Trovante, Samuel Úria, e Xutos & Pontapés, e a exposição "Ruar", por Pedro Lourenço, no Lounge Floresta.

O ilustrador Pedro Lourenço é "dono de uma linguagem visual forte, arrojada, alternativa em que os motivos da natureza e da música surgem naturalmente", segundo o programa do certame.

António Miguel Guimarães, diretor artístico do festival, afirmou que sendo O Sol da Caparica "centrado na Língua Portuguesa não está excluído qualquer outro idioma", mas pretendia que esse outro idioma se apresentasse "de forma natural e em parceria com um músico lusófono".

Em declarações à agência Lusa, António Miguel Guimarães realçou a importância que tem, neste festival, "a apresentação de projetos musicais novos, de artistas com novos discos".

"Surpreendentes", prometem ser os Tais Quais, grupo cuja semente fora os Rio Grande e que é constituído por Vitorino, Tim, Vicente Palma, Celina da Piedade, Paulo Ribeiro e Sebastião.

"Vamos ser surpreendentes, nós temos um espírito de acampamento e que é a ideia para este festival, quando vamos para um palco nunca sabemos o que pode acontecer, sabemos as músicas, mas o desempenho de Jorge Serafim [apresentador e contador de histórias] surpreende a nós próprios em palco", disse à Lusa Celina da Piedade.

Os Tais Quais fecham o palco SIC/RFM, na quinta-feira, cujo cartaz inclui o DJ Nuno Calado, HMB, Regula, Criolo e Mariza.

Entre as novidades deste ano está o anfiteatro, que acolherá o projeto de Rui Miguel Abreu "Jardins Sonoros", a Lisbon Poetry Orchestra, que apresenta "Poetas Portugueses Agora", "José Afonso e Adriano Correia de Oliveira" e "Debaixo da Língua", e a exibição de cerca de 200 filmes da Monstra-Festival de Animação de Lisboa.

A programação d'O Sol da Caparica divide-se por quatro palcos e três espaços, e conta com a participação, entre outros, de Pete Tha Zouk, Capicua, Sean Riley & The Slowriders, Virgul, Os Tubarões, Bispo, os Quatro e Meia, e Best Youth.

Um dos espaços é totalmente dedicado aos praticantes de 'skate' e outro, já com cerca de 60 tendas, é dedicado ao surf, e no Lounge Floresta, além da exposição "Ruar" apresenta-se "Folclore Digital", por VJ Suave.

A programação d'O Sol da Caparica está disponível em www.osoldacaparica-festival.pt.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon