Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Marta Soares chama "cobarde" a Samaris e rejeita aliança com o FC Porto

Logótipo de O Jogo O Jogo 10/04/2017 Hugo M. Monteiro

Presidente da mesa da Assembleia Geral do Sporting arrasou a arbitragem do Moreirense-Benfica e rejeita a ideia de uma aliança entre os leões e o FC Porto, em declarações à Renascença.

Agressão de Samaris a Diego Ivo: "Foram criados tantos problemas, nomeadamente pelo Benfica, por causa do Slimani, e isso foi numa jogada. Este lance [de Samaris] foi uma agressão, sem bola, cobarde. Uma agressão cobarde, porque se escondeu para agredir. Não pode ser permitido, o Sporting tem de denunciar isto tudo. O Sporting não faz parte de tudo aquilo que é a estrutura do futebol?"

© Filipe Amorim/Global Imagens

Arbitragem de Tiago Martins: "Agressões absolutamente incríveis e inaceitáveis, com uma equipa que tem responsabilidades. Vejo essa agressão do Luisão, passível de vermelho direto, a agressão com um soco do Samaris, no ventre do jogador do Moreirense, que toda a gente viu. Só não vêm quem não quer ver: a equipa de arbitragem, sempre tão lesta a levantar questões duvidosas, nomeadamente a que deu origem ao golo do Benfica, com dualidade de critérios".

Aliança entre Sporting e FC Porto? "O Sporting não precisa de se aliar com ninguém. É independente, representa-se a si próprio e não precisa de alianças para fazer valer os valores que defende para o futebol português".

Castigo aplicado a Bruno de Carvalho: "Tiraram a voz ao presidente Bruno de Carvalho de uma forma inaceitável. Por isso, os responsáveis do Sporting devem trazer ao de cima todas essas questões".

Avisos de Bruno de Carvalho: "Isto vem trazer ao de cima tudo aquilo para que o presidente tem vindo a alertar. A única pessoa que tem apresentado propostas concretas para o futebol, que tem alertado as instâncias europeias... E a realidade é aquela a que acabámos por assistir ontem à noite".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon