Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Martins Soares pede a Pinto da Costa para não “cometer erros do passado recente”

Logótipo de LusaLusa 22/05/2017 Simão Freitas
JOSE COELHO/LUSA © EPA / JOSE COELHO JOSE COELHO/LUSA

Porto, 22 mai (Lusa) – O antigo candidato à presidência do FC Porto José Martins Soares endereçou hoje uma carta aberta ao líder dos ‘dragões’, Pinto da Costa, em que lhe pede para “não voltar a cometer erros do passado recente”.

Na missiva, a que a Lusa teve acesso, o antigo candidato, derrotado nas eleições de 1988 e 1991, dirige-se a Pinto da Costa por não conseguir “calar a revolta”.

“Não volte a cometer erros do passado recente, para que não seja possível que os nossos rivais [Benfica] alcancem algo que apenas nós temos na história do futebol português: ser pentacampeão”, pede Martins Soares.

O médico e empresário, que na quinta-feira vai apresentar “Pelo FC Porto”, livro em que detalha os acontecimentos das duas candidaturas que apresentou, criticou a contratação de Nuno Espírito Santo para o lugar de treinador, apontando como alternativas Jaime Pacheco, Pedro Emanuel e Domingos Paciência, todos antigos jogadores do clube, depois de ter defendido que Julen Lopetegui, a quem o português sucedeu, era uma má escolha e que Paulo Fonseca merecia “uma segunda oportunidade”.

Martins Soares apontou também o dedo à gestão do clube, do “desmoronar daquilo que foram os alicerces” do plantel dos ‘azuis e brancos’ da temporada de 2010/2011 aos reforços que considerou de insuficiente qualidade para representar o clube, bem como ao discurso apresentado durante a temporada, nomeadamente nas críticas à arbitragem “nas últimas nove jornadas”.

“É isso que eu quero que o meu amigo diga: Basta! É tempo de virar a página, é tempo de limpar a SAD, é tempo de voltar a reunir à sua volta quem de facto o possa ajudar a regressar às vitórias”, apontou Martins Soares, que termina a carta dizendo que “ninguém vai perdoar um pentacampeonato do Benfica”.

SIYF // PA

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon