Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Mau tempo: Operação de limpeza mobilizou 36 bombeiros no Pinhão

Logótipo de O Jogo O Jogo 06/07/2017 Administrator

Tinta e seis bombeiros foram mobilizados para as operações de limpeza na zona do Pinhão, Alijó, onde uma enxurrada provocou hoje inundações, arrastou terras e pedras para a rua principal e originou danos nas vinhas e olivais.

O vice-presidente da Câmara de Alijó, José Paredes, disse à agência Lusa que a chuva "muito forte" que caiu ao final da tarde de hoje inundou a parte baixa da vila do Pinhão, junto ao rio Douro.

"Arrastou imensos detritos, terras e pedras, inundou algumas casas e a estação de caminhos-de-ferro", descreveu.

Para o local foram mobilizados 36 bombeiros das corporações do concelho, designadamente Pinhão, Alijó, Sanfins do Douro e Cheires, e onde, segundo José Paredes, se está "a terminar a operação de limpeza".

O autarca disse ainda que o mau tempo, nomeadamente o granizo, provocou também estragos em vinhas e olivais, principalmente nas localidades de Casal de Loivos e Vilarinho de Cotas.

"Ainda não temos uma noção da dimensão, mas sabemos que foram 10 minutos de granizo de grande dimensão que terá, necessariamente, provocado bastantes estragos a nível da produção na vinha e nos olivais", referiu.

A chuva intensa, acompanhada de granizo, atravessou hoje o distrito de Vila Real, provocando várias ocorrências, principalmente a nível de inundações e condicionamentos de estradas, nos concelhos de Vila Pouca de Aguiar, Vila Real, Alijó, Sabrosa, Santa Marta de Penaguião, Peso da Régua e Mesão Frio.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon