Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Maurício, muita Coca-Cola e o desejo de entrar no top 4 nacional

Logótipo de O Jogo O Jogo 06/07/2017 Ana Proença

Maurício promete queimar rápido os quilos que trouxe a mais das férias.

© Hélder Santos/Aspress/Global Imagens

Ambição e boa disposição foram as marcas do discurso de Maurício António, o central brasileiro que tem grandes planos para a nova época do Marítimo. "Eu gostaria muito de terminar entre os quatro primeiros do campeonato", admitiu: "É uma tarefa muito difícil, mas, até no campeonato mais disputado no mundo, em Inglaterra, consegue-se. Porque é que o Marítimo não conseguirá também?! Se trabalharmos focados, todos a remar para o mesmo lado, consegue-se esse objetivo".

Na Liga Europa, a ambição também não conhece limites, assumiu. "Desde o primeiro dia, o nosso intuito não é chegar até à fase de grupos, mas passar essa fase. Temos potencial para isso e estamos a trabalhar muito para conseguirmos esse objetivo", sublinhou com convicção.

Numa conferência de Imprensa descontraída, com várias gargalhadas à mistura, Maurício António admitiu que todos estes planos implicam perder o peso ganho numas férias saborosas. "Chega a comida da mãe, a comida da avó, e depois é complicado. Também fiz uma viagem pelos Estados Unidos e foi só Coca-Cola, sempre", contou. "Depois, temos de recuperar o tempo perdido. Chegamos cá pesados e, então, estas duas semanas são para tratar do aspeto físico. Já temos um jogo para disputar, em breve", rematou.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon