Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Maxi: A expulsão no FC Porto chegou 139 jogos mais cedo

Logótipo de O Jogo O Jogo 28/02/2017 Alcides Freire

Ao 48.º jogo pelo FC Porto na Liga, Maxi Pereira foi expulso. Esta foi apenas a quinta expulsão do defesa em 654 jogos

Ao 48.º jogo pelo FC Porto na Liga, Maxi Pereira foi expulso. Dito assim, não parece nada extraordinário. E se lhe dissermos que no Benfica precisou de quase quatro vezes mais partidas para ser mandado tomar banho mais cedo? Só ao jogo 187, quando já cumpria a sétima temporada nas águias, é que viu o vermelho. De acordo com o diretor de comunicação dos portistas, Francisco J. Marques, o lateral fez "história no futebol português", ao ser expulso por "acumulação de penáltis". A verdade é que esta foi apenas a quinta expulsão do defesa em 654 jogos enquanto profissional, contabilizando os clubes e a seleção do Uruguai.

O único cartão vermelho visto por Maxi no Benfica, em jogos para o campeonato, aconteceu ao minuto 89 de um triunfo no Estoril. O castigo acabaria por ser cumprido na Taça de Portugal contra o Cinfães, jogo que os encarnados venceram para seguir em frente na competição. Decorria a época de 2013/14. Maxi somaria 212 jogos pelos encarnados no Benfica e não voltaria a ver outro vermelho na Liga... até este domingo, na segunda época que faz de Dragão ao peito.

Maxi Pereira foi expulso por acumulação de amarelos no Boavista-FC Porto © Fábio Poço/Global Imagens Maxi Pereira foi expulso por acumulação de amarelos no Boavista-FC Porto

Nos dragões, o lateral uruguaio tem 16 admoestações no campeonato, ou seja, vê um cartão a cada três jornadas, uma média que até é semelhante à que teve no Benfica com 69 amarelos e nos tais 212 jogos. Somando todas as provas, o lateral-direito viu 26 vezes o amarelo em 68 jogos pelos azuis e brancos.

Apesar da fama, da qual não se vai livrar, de ser um jogador duro, Maxi tem apenas cinco expulsões na sua longa carreira: duas pelo Uruguai - vermelhos diretos contra o Brasil e a Costa Rica -, duas pelo Benfica - duplo amarelo com Estoril e Chelsea - e agora uma pelo FC Porto, no Bessa.

O castigo terá de ser cumprido frente ao Nacional da Madeira, no sábado, mantendo-se o jogador depois à bica, uma vez que, para efeitos disciplinares, o primeiro cartão visto no Bessa deixa de ser considerado.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon