Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Maxi Pereira operado à perna direita e falha 'clássico' com o Sporting

Logótipo de LusaLusa 24/08/2016 Luís Garoupa
José Sena Goulão/LUSA © LUSA / José Sena Goulão José Sena Goulão/LUSA

Porto, 24 ago (Lusa) – O defesa uruguaio Maxi Pereira foi operado hoje à perna direita, depois da lesão sofrida na terça-feira no jogo com a Roma, para o ‘play-off’ da Liga dos Campeões de futebol, anunciou o FC Porto, em comunicado.

O internacional uruguaio abandonou o relvado já em período de compensações da primeira parte do jogo da segunda mão do ‘play-off’ da ‘Champions’, que os ‘dragões’ venceram por 3-0, garantindo o apuramento para a fase de grupos.

“Após uma observação mais detalhada, ficou a saber-se da extensão real da lesão do camisola dois dos Dragões: ferida corto-contusa profunda com luxação do tendão tibial posterior”, escreveu o FC Porto na nota publicada no seu site oficial na internet.

O clube portista acrescentou que “a operação decorreu no Hospital Santa Maria e foi dirigida pela equipa do professor Leandro Massada”.

Além de falhar o duelo com o Sporting, da terceira jornada da I Liga portuguesa, e os próximos jogos do FC Porto, o lateral, de 32 anos, vai estar ausente do próximos compromissos do Uruguai, com Argentina e Paraguai, jogos agendados para o início de setembro e que contam para a fase de qualificação para o Mundial2018.

Maxi Pereira foi substituído em cima do intervalo, minutos depois de ter sofrido uma entrada violenta do italiano Daniele De Rossi, que viu o cartão vermelho direito.

JYA/LG // NF

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon