Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Menino luso-descendente nomeado para Momento do Ano no Desporto dos Laureus

Logótipo de LusaLusa 17/01/2017 Luís Garoupa
JEREMY LEMPIN/EPA © EPA / JEREMY LEMPIN JEREMY LEMPIN/EPA

Redação, 17 jan (Lusa) – Mathis Devillier, o menino luso-descendente que confortou um adepto francês após a final do Euro2016, que Portugal venceu, é um dos candidatos a Momento do Ano no Desporto dos Prémios Laureus, anunciou hoje a organização.

Num momento apanhado pelas câmaras de televisão numa praça em Paris e que se tornou viral nas redes sociais, Devillier, vestido com camisola da seleção lusa, abraçou um adepto gaulês que chorava após a derrota dos ‘bleus’ no prolongamento (1-0), numa altura em que os portugueses festejam a primeira conquista de sempre da sua equipa.

O menino luso-descendente, que com esse gesto ganhou também na altura algum destaque nos media, é um dos seis nomeados para o Momento do Ano no Desporto, prémio que foi criado para a edição 2017 dos Laureus.

Devillier vai ‘competir’ contra a receção dos adeptos islandeses à sua seleção após o Euro2016, Alistair Brownlee, triatleta que ajudou perdeu o primeiro lugar de uma prova para ajudar o irmão, que estava a desmaiar, e Abbey D’Agostino, que ajudou uma adversária até à meta.

A equipa de sub-12 do FC Barcelona, que confortou uma seleção de miúdos japoneses após uma derrota, e o tenista Jack Sock, que pediu a revisão de uma bola que tinha sido dado a seu favor e que acabou por resultar na sua derrota, fecham o lote de candidatos.

Os prémios Laureus são atribuídos desde o ano 2000, tendo Lisboa acolhido a organização das edições de 2004 e 2005. A cerimónia deste ano realiza-se no dia 14 de fevereiro, no principado do Mónaco.

LG // NFO

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon