Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Mesmo desfalcado o FC Porto vai a Chaves para vencer - Nuno Espírito Santo

Logótipo de LusaLusa 17/11/2016 Joana Carvalho
ESTELA SILVA/LUSA © LUSA / ESTELA SILVA ESTELA SILVA/LUSA

Olival, Vila Nova de Gaia, 17 nov (Lusa) – O treinador do FC Porto admitiu hoje que mesmo sem a equipa ao melhor nível acredita na vitória no jogo desta sexta-feira frente ao Desportivo de Chaves, a contar para a quinta eliminatória da Taça de Portugal de futebol.

Nuno Espírito Santo referiu que alguns dos futebolistas que estiveram ausentes durante a semana por estarem ao serviço das respetivas seleções não se encontram nas melhores condições, salientando as dificuldades na preparação para este encontro.

"Nem todos os jogadores chegaram bem. Há alguns casos mais complicados do que outros. Vamos decidir quem viaja e quem joga amanhã [sexta-feira]. O facto de termos um grande número de jogadores nas seleções é sinónimo de qualidade, mas devido a isso a preparação para os nossos jogos é diferente", disse o treinador, numa conferência de imprensa que começou quase uma hora de atraso.

Com a presença de João Pinto, recentemente nomeado como adjunto do diretor-geral para o futebol, Luís Gonçalves, na assistência, Nuno Espírito Santo afirmou que o FC Porto vai encarar o jogo "com muita ambição", tendo em mente um objetivo e que passa por "estar na final no Jamor e conquistar mais esse título".

Sobre João Pinto, o treinador esclareceu que "será mais um a ajudar o grupo", lembrando a mística que transmite à equipa.

"Vai contribuir para o crescimento e êxito da equipa. Ter o João Pinto no banco representa os ideais do FC Porto. É o nosso eterno capitão", referiu.

Em relação ao Desportivo de Chaves, o técnico da equipa ‘azul e branca’ alertou para as dificuldades que poderá apresentar ao grupo, no entanto, preferiu centrar-se no que o FC Porto poderá fazer ao longo do encontro.

"Só temos uma visão que é vencer. O Chaves tem uma boa equipa, tem bons jogadores. Tem uma ideia de jogo que se pauta pelo rigor defensivo e tem um contra-ataque ao qual devemos estar atentos. Mas pensamos essencialmente em nós e no que podemos fazer. Vamos tentar melhorar em relação à nossa última exibição que tivemos no Dragão. O objetivo é vencer todos os jogos", assumiu.

O Desportivo de Chaves recebe o FC Porto na sexta-feira, às 20:15, em jogo da quarta eliminatória da Taça de Portugal de futebol, com arbitragem de João Capela, da Associação de Futebol de Lisboa.

Estas duas equipas cruzaram-se em 2010, no final desta competição, que os ‘dragões' venceram por 2-1.

JYA/JPYG // NFO

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon