Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Miguel Oliveira: "Excelente resultado para todos nós"

Logótipo de O Jogo O Jogo 07/05/2017 Hugo Monteiro

Piloto português Miguel Oliveira (KTM) foi terceiro classificado na corrida de Moto2 do Grande Prémio de Espanha.

O piloto português Miguel Oliveira (KTM) foi terceiro classificado na corrida de Moto2 do Grande Prémio de Espanha, quarta prova do Mundial de motociclismo de velocidade, em Jerez da la Frontera, conquistada pelo espanhol Alex Marquez (Kalex).

Miguel Oliveira partiu do quarto lugar da grelha de partida, mas, rapidamente, perdeu três posições, que foi recuperando, sendo que era sexto à terceira volta e quinto à nona passagem pela meta.

© ROMAN RIOS/EPA

Duas voltas depois, o piloto luso ultrapassou o suíço Dominique Aegerter (Suter) e subiu ao quarto posto, iniciando, então, a aproximação aos italianos Francesco Bagnaia (Kalex) e Mattia Pasini (Kalex), que lutavam pelo segundo.

A cinco voltas do fim, Miguel Oliveira ainda ultrapassou Pasini e selou o segundo pódio da temporada e 14.º da carreira, numa altura em que já estava muito longe de Bagnaia e do espanhol Alex Marquez (Kalex), que venceu com grande avanço.

"Desde o arranque da corrida que não me senti confortável. Depois de passar o Pasini, ainda tentei ir atrás do Bagnaia, mas percebi que era demasiado arriscado, com estas temperaturas. Mas é um excelente resultado para todos nós e vamos continuar com este rumo de trabalho, porque os resultados irão ser cada vez melhores", disse Miguel Oliveira.

O piloto luso manteve-se no terceiro lugar do campeonato, com 59 pontos, mas agora apenas a cinco do suíço Thomas Luthi (Kalex), apenas oitavo em Jerez, e a 16 do líder, o italiano Franco Morbidelli (Kalex), que caiu a 17 voltas do fim e falhou a hipótese de somar o quarto triunfo consecutivo.

O piloto luso pontuou em todas as provas de 2017, pois tinha sido quarto no Qatar, segundo na Argentina e sexto no Grande Prémio das Américas, em Austin.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon