Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Milhares recebem W52-FC Porto, os "heróis da terra"

Logótipo de O Jogo O Jogo 16/08/2017 Alcides Freire

À entrada em Sobrado, ao som de música, foguetes e muitas palmas, os atletas e restante equipa foram, de facto, recebidos como verdadeiros heróis

Mais de mil pessoas receberam, esta madrugada, em Sobrado, em grande apoteose, a equipa de ciclismo do W52-FC Porto, equipa vencedora da 79.ª Volta a Portugal em bicicleta.

Num clima de grande festa e euforia, um camião aberto transportou toda a equipa portista até Sobrado, sede da W52-FC Porto, já passava da 1:20, quase duas horas depois do horário previsto para a chegada (inicialmente foi anunciado que chegariam às 23:30 horas). Pelo quinto ano consecutio, a equipa de Sobrado regressou a casa com a camisola amarela.

Nem esse atraso fez com que as pessoas arredassem pé, mantendo-se ao longo da estrada à espera dos "heróis da terra", conforme alguns populares quiseram apelidar os ciclistas portistas.

À entrada em Sobrado, ao som de música, foguetes e muitas palmas, os atletas e restante equipa foram, de facto, recebidos como verdadeiros heróis, numa festa que começa a tornar-se um hábito e que se prolongou pela noite dentro.

© Fornecido por O jogo

O espanhol Raúl Alarcón (W52-FC Porto), que venceu esta terça-feira pela primeira vez a Volta a Portugal em bicicleta, foi o mais aplaudido e acarinhado, juntando-se à festa agradecido com a "maravilhosa receção".

"Estou muito feliz. Não estava à espera que ainda estivesse tanta gente à nossa espera. Vou desfrutar cada momento", disse o ciclista vencedor da prova.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon