Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Ministro da Defesa português nos EUA para reuniões com Mattis, NATO e ONU

Logótipo de O Jogo O Jogo 11/09/2017 Administrator

O ministro da Defesa, Azeredo Lopes, inicia na terça-feira uma visita oficial de três dias aos EUA, para encontros com o secretário da Defesa norte-americano, James Mattis, e com responsáveis da NATO e da ONU.

As questões da segurança internacional e a cooperação entre os dois países na área da Defesa são os temas na agenda do encontro com o secretário norte-americano James Mattis, na terça-feira, no Pentágono, Washington, segundo uma nota do Ministério da Defesa.

Na quarta-feira, José Azeredo Lopes visitará o `Allied Command Transformation´ da NATO, em Norfolk, onde será recebido pelo general Denis Mercier e terá reuniões sobre "os principais projetos em curso com vista à inovação e transformação da Aliança Atlântica".

O envio de uma força terrestre para a missão de treino e assessoria da NATO no Afeganistão [Resolute Support] em 2018 deverá estar também em cima da mesa da reunião.

Atualmente, a NATO debate o reforço da componente naval no Atlântico Norte. Segundo afirmou quinta-feira passada o porta-voz- adjunto da NATO, Piers Cazalet, a posição geográfica e a tradição marítima de Portugal confere ao país "um papel-chave" no desenvolvimento desta nova orientação.

Quinta-feira, último dia da visita oficial, que decorre a convite do secretário de Defesa dos EUA, Azeredo Lopes reunir-se-á, na sede da ONU, com o secretário-geral adjunto das Nações Unidas para as operações de paz, Jean-Pierre Lacroix, e com o secretário-geral adjunto da ONU para o apoio às operações, Athul Kare.

Segundo a agenda do ministro português, os encontros na ONU visam "tratar de temas relativos à participação das Forças Armadas Portuguesas em missões de paz" das Nações Unidas.

Portugal tem atualmente 169 militares em missões de paz das Nações Unidas em quatro teatros operações, 2 no Afeganistão 2 no Mali, 158 na República Centro-Africana e 7 na Colômbia.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon