Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Ministro da Educação diz que seleção feminina "está onde merece"

Logótipo de LusaLusa 25/10/2016 Pedro Albuquerque
Miguel A.Lopes/LUSA © LUSA / Miguel A.Lopes Miguel A.Lopes/LUSA

Lisboa, 25 out (Lusa) - O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, e o secretário de Estado da Juventude e Desporto, João Paulo Rebelo, felicitaram hoje a seleção portuguesa de futebol feminino pelo apuramento para Europeu, afirmando que a equipa "está onde merece".

"Trata-se de uma conquista inédita que orgulha os portugueses e que mostra como o trabalho e o empenho de todas as jogadoras dão frutos. Depois de um trajeto combativo e de um jogo muito disputado, a equipa nacional está onde merece estar", lê-se na nota governamental.

Portugal qualificou-se pela primeira vez na sua história para o Europeu feminino, ao empatar 1-1 na Roménia, após prolongamento, em encontro da segunda mão do ‘play-off’.

Depois do empate a zero em Lisboa, a formação comandada por Francisco Neto adiantou-se em Cluj nos descontos da primeira parte do tempo extra, aos 105+1 minutos, por Andreia Norton, com Laura Rus a restabelecer a igualdade, aos 111.

"Fica também uma palavra de reconhecimento ao trabalho desenvolvido pela Federação Portuguesa de Futebol, que tanto tem impulsionado a prática de futebol feminino, em todos os escalões, contributo que, simultaneamente, tem ajudado Portugal a dar cartas no que diz respeito à igualdade de género no acesso à prática desportiva", acrescenta a nota.

Portugal qualificou-se pelos golos fora, tornando-se a 16.ª e última seleção a marcar presença na edição 2017 do Europeu feminino, que se realiza na Holanda, entre 16 de julho e 06 de agosto.

PA (PFO) // PA

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon