Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

ModaLisboa: David Pereira venceu concurso Sangue Novo e houve três menções honrosas

Logótipo de O Jogo O Jogo 06/10/2017 Administrator

O jovem designer de moda David Pereira venceu o concurso Sangue Novo da edição da ModaLisboa, que começou hoje, tendo o júri decidido atribuir ainda três menções honrosas a Filipe Augusto, Rita Afonso e Rita Sá.

O nome do vencedor do prémio ModaLisboa do concurso Sangue Novo foi anunciado hoje pela presidente da ModaLisboa, Eduarda Abbondanza, no final do desfile dos dez participantes do concurso destinado a finalistas de cursos superiores de Design de Moda de escolas nacionais e internacionais e jovens designers em início de carreira.

David Pereira irá receber uma bolsa de cinco mil euros, atribuída pela ModaLisboa, um curso de verão na Domus Academy em Milão, Itália, e tem entrada direta no Sangue Novo da 50.ª edição da ModaLisboa, que decorre em março do próximo ano.

Para este jovem vimaranense de 27 anos, o prémio foi "um acréscimo". "O mais importante foi fazer ouvir a minha voz", afirmou, em declarações à Lusa, no final do desfile.

David Pereira mudou-se para Paris aos 20 anos. Na capital francesa, uma das capitais da moda do mundo, estudou estilismo e modelismo, estagiou com Vivienne Westwood e trabalhou para marcas de 'street wear' francesas. Há um ano decidiu regressar a Guimarães, onde é designer de marcas de moda escandinavas, porque "as capitais não dão saúde mental para criar". Só aí decidiu avançar com o que "sempre quis fazer", coleções em nome próprio.

"Não é preciso estar numa capital da moda para ter sucesso na moda. É tudo perto daqui e estou no maior setor têxtil da Europa", disse.

O júri, constituído por Eduarda Abbondanza, pela editora de moda da Vogue Portugal, Cláudia Barros, pelo designer de moda Filipe Faísca e por um jornalista estrangeiro, decidiu ainda atribuir três menções honrosas, que dão entrada direta na próxima edição Sangue Novo, a Filipe Augusto, Rita Afonso e Rita Sá.

Filipe Augusto também venceu o prémio Fashion Clash, anunciado e escolhido pelo diretor do festival de moda holandês Fashion Clash, Branko Popovic. O jovem designer português terá assim a oportunidade de apresentar a sua coleção em junho de 2018 em Maastricht, na Holanda, na próxima edição do festival.

Filipe Augusto, de 24 anos, trocou Peso da Régua pelo Porto para estudar Design de Moda. Há um ano terminou o curso e, por ter sido um dos melhores alunos, apresentou algumas peças suas no Portugal Fashion, na plataforma Bloom, contou à Lusa no final do desfile do Sangue Novo.

No final do curso realizou um estágio de seis meses com o designer de moda Luís Buchinho, mas a vontade de "apostar em algo" seu levou-o o concorrer ao Sangue Novo.

Poder representar Portugal na Holanda "é muito gratificante", até porque quer "dar a conhecer o país lá fora", um país que considera ter "capacidade ao nível do produto". A coleção que apresentou hoje, que teve como inspiração "as sete saias das nazarenas" é prova disso.

Rita Afonso venceu o prémio The Feeting Room, cujo vencedor foi escolhido e anunciado pelos representantes da marca Edgar Ferreira e Guilherme Oliveira. A coleção que Rita Afonso apresentou hoje na ModaLisboa será produzida e vendida nas lojas de Lisboa e do Porto daquela marca.

Nesta edição do concurso Sangue Novo participaram ainda Alexandre Pereira, Carla Campos, Daniela Pereira, Federico Cina, Ivan Almeida e Rita Carvalho.

A assistir ao desfile estiveram dois elementos do atual governo, o secretário de Estado da Cultura, Miguel Honrado, e o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, e a vereadora da Cultura da Câmara de Lisboa, Catarina Vaz Pinto.

A 48.ª edição da ModaLisboa decorre até domingo, sob o tema "Luz", no interior e no exterior do Pavilhão Carlos Lopes, no Parque Eduardo VII.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon