Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Morocco Desert Challenge: Elisabete Jacinto termina a segunda etapa em quarto lugar

Logótipo de O Jogo O Jogo 18/04/2017 Mónica Santos

Nos carros, a dupla Nuno Matos/Nuno Silva teve uma avaria e caiu 18 posições na classificação geral, para o 20º lugar. O motard Pedro Bianchi Prata é agora quinto da geral.

© Fornecido por O jogo

Elisabete Jacinto, aos comandos de um camião Man, terminou, esta terça-feira, no quarto lugar a segunda etapa do rali todo-o-terreno Morocco Desert Challenge, ocupando o segundo lugar da geral na categoria.

A portuguesa, juntamente com José Marques e Marco Cochinho, percorreu os 359 quilómetros da etapa de hoje, entre Icht e Foum Zguid, em 5:01.09 horas, mais de 41 minutos atrás do holandês Martin Vd Brink (Renault).

"Esta etapa foi bem diferente (...). Andámos sempre em pistas bastante rápidas e em alta velocidade. Como os outros camiões são mais potentes, acabaram por nos ultrapassar rapidamente. No entanto, esta posição é, de certa forma, até confortável porque amanhã vamos entrar nas dunas e é bom haver outros camiões à nossa frente para podermos ir nos seus trilhos. Fizemos toda a etapa sem problemas e correu tudo bem", disse Elisabete Jacinto, citada pela sua assessoria de imprensa.

Nos carros, a dupla composta por Nuno Matos e Nuno Silva foi hoje "forçada a parar durante mais de duas horas para resolver um problema mecânico", tendo terminado na 48.ª posição da etapa, caindo 18 posições na classificação geral, para 20.º.

"Partimos em segundo, vínhamos a rolar bem. Já tínhamos passado pelo primeiro classificado, quando cedeu uma rótula de suspensão do nosso Opel Mokka ", relatou Nuno Matos, em declarações à sua assessoria de imprensa.

O motard Pedro Bianchi Prata, por seu turno, terminou a segunda etapa na terceira posição da geral, ocupando agora a quinta posição da geral.

Bianchi Prata (Honda) terminou a 3.46 minutos do belga Kim de Rycker (KTM), vencedor da etapa e líder da geral na categoria.

"Foi um dia rápido, com pouca navegação. Também andei rápido, mas sem arriscar, pois sei que nestes dias de pistas rápidas não tenho a mínima hipótese com as motos de rali, que têm muito mais velocidade de ponta", afirmou, citado em comunicado.

A terceira etapa liga Foum Zguid a Oum Jrane, num total de 345 quilómetros, com 100 quilómetros finais de pistas rápidas de areia.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon