Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Morreu a artista plástica francesa Pierrette Bloch, de 89 anos

Logótipo de O Jogo O Jogo 11/07/2017 Administrator

A artista plástica Pierrette Bloch, de 89 anos, próxima de Pierre Soulages com quem dividia um fascínio pelo preto, morreu no início de julho, anunciou hoje a Galeria Karsten, que expôs os seus trabalhos.

"Bloch deixou-nos no silêncio da noite de 07 de julho, com 89 anos", em Paris, a sua cidade natal, anunciou hoje a galeria, referindo-se-lhe como "um ícone arte francesa".

A agência noticiosa AFP afirma que o trabalho desta artista foi feito através de impressões digitais, séries de pontos pretos e brancos, tarefas remetiam para algum tipo de pontuação ou escrita, analogia com a qual se defendia.

Os seus materiais preferidos foram os fios de crina e a tinta-da-china. O preto é omnipresente e é uma reminiscência da obra de Pierre Soulages, de 97 anos, e de quem Pierrette Bloch era amiga.

Nascida em 1928, em Paris, estabeleceu-se na Suíça durante a II Guerra Mundial (1939-1945), tendo frequentado posteriormente alguns cursos de arte em Paris.

Pierrette Bloch começou a apresentar os seus trabalhos na década de 1950, em França e nos Estados Unidos, e, desde então, nunca mais deixou fazer parte de coleções públicas e privadas.

A sua última exposição foi em 2010, no Museu de Arte Moderna (MoMA), em Nova Iorque.

Entre outros museus as suas obras estão representadas no MoMa, no Museu Bellerive, em Zurique, na Suíça, no Centro Georges Pompidou e ainda, na capital francesa, no Museu de Arte Moderna da Cidade de Paris, no Fundo de Arte Contemporânea, e ainda nos museus de Eilat, em Israel, e no de Stedelijk, em Amesterdão.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon