Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Morreu David Tang, empresário conhecido pela visão franca sobre futuro de Hong Kong

Logótipo de O Jogo O Jogo 31/08/2017 Administrator

O empresário David Tang, conhecido pela excentricidade e pela visão franca sobre o futuro de Hong Kong, há duas décadas sob soberania chinesa, morreu vítima de cancro aos 63 anos.

O Financial Times, jornal no qual escrevia uma coluna, relatou a morte de Tang na quarta-feira. Tang travou uma longa batalha contra o cancro e morreu na noite de terça-feira no Royal Marsden Hospital, em Londres, com a mulher, Lucy, à beira da cama, disse o jornal.

"David Tang era um homem notável, com muitos talentos, cujo encanto, erudição e inteligência estavam sempre presentes", referiu o artigo, citando o editor do jornal, Lionel Barber.

Tang foi nomeado cavaleiro em 2008 pelo trabalho de caridade no Reino Unido e em Hong Kong, a mesma distinção atribuída ao avô, o empresário e filantropo Tang Shiu-kin.

Nascido em Hong Kong e educado na Grã-Bretanha, David Tang era um empresário que fundou uma marca de roupa, geria clubes e restaurantes e detinha os direitos de distribuição exclusiva para os charutos cubanos na Ásia.

Numa entrevista à Lusa em 1997, David Tang dizia gostar de charutos cubanos por serem frutos puros do labor humano, e afirmava-se patriota de uma certa China confucionista, afirmando que Hong Kong era "o último dos lugares para aplicar o conceito 'um país, dois sistemas'".

A desconexão das afirmações era apenas aparente porque ilustrava a diversidade fundamental das entidades que seriam unidas com a transferência da soberania de Hong Kong para a China.

David Tang, que recusava também ser politicamente correto, "para não perder o humor", era um dos expoentes do espírito empreendedor de Hong Kong que há 20 anos iria "oferecer à China uma cidade cosmopolita, sofisticada e com uma capacidade invulgar para transformar ideias em dinheiro".

No ano passado, o Clube de Correspondentes Estrangeiros em Hong Kong convidou-o para um discurso sobre o futuro do território.

"Alguém aqui realmente acredita que o Governo, o nosso Governo promove a harmonia ou partilha a prosperidade? O próprio Governo acredita que promove a harmonia e partilha prosperidade? Eu acredito que essas palavras são condescendentes, na melhor das hipóteses, e, na pior das hipóteses, sem sentido", declarou.

CY Leung era líder do Governo de Hong Kong em 2016.

David Tang deixa a mulher, Lucy Tang, e dois filhos de um anterior casamento.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon