Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Morreu Joaquim Guerreiro, diretor delegado do Teatro Municipal de Faro

Logótipo de O Jogo O Jogo 02/09/2017 Administrator

O diretor delegado do Teatro Municipal de Faro, Joaquim Guerreiro, morreu hoje de madrugada aos 50 anos no hospital de Loulé, vítima de cancro, disse à Lusa fonte próxima da família.

Em fevereiro passado, o seu nome foi aprovado por unanimidade pelo PSD/Loulé para encabeçar a lista do partido nas próximas eleições autárquicas, mas, em abril, Joaquim Guerreiro acabou por desistir da candidatura, por motivos de saúde, sendo substituído por José Graça.

Joaquim José Ramos Guerreiro acumulou ao longo da vida várias experiências como dirigente associativo e membro de diversos órgãos autárquicos, tendo sido vereador da Câmara Municipal de Loulé, com os pelouros da Cultura, Eventos e Turismo, entre 2009 e 2013.

Antes, tinha desempenhado as funções de chefe do Gabinete de Apoio ao Presidente da Câmara de Loulé e de coordenador, durante oito anos, do Gabinete de Comunicação e Relações Públicas.

Nos últimos anos, Joaquim Guerreiro foi o responsável pela criação de eventos como o Festival MED, em Loulé, que arrancou em 2004, Noite Branca, na mesma cidade, e mais recentemente pelo Festival F, que está a decorrer em Faro.

Atualmente, era diretor delegado do Teatro Municipal de Faro.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon