Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Morreu o ator e comediante Jerry Lewis, de 91 anos

Logótipo de O Jogo O Jogo 20/08/2017 Administrator

O ator Jerry Lewis, de 91 anos, um dos mais célebres comediantes da década de 1950, morreu hoje em Las Vegas, no Estado do Nevada, anunciou o seu agente.

Lewis iniciou a carreira ao lado do cantor Dean Martin, na década de 1940, e anos sessenta protagonizou comédias como "The BellBoy" (1960) ou "The Nutty Professor" (1963).

Segundo a agência Efe, a causa da morte não foi especificada. Em junho, o ator tinha sido hospitalizado em Las Vegas, devido a uma infeção urinária, o último de uma longa história de problemas de saúde, como um ataque cardíaco, do qual recuperou em 2006.

Nascido a 16 de março de 1926, em Newark, filho de um pianista de variedades e de uma cantora, Lewis começou por explorar a sua veia cómica com amigos e companheiros da Irving School.

Em 1944 chegou ao mundo do espetáculo, com uma atuação como cómico e cantor com as orquestras de jazz de Jimmy Dorsey e Ted Fiorito.

Mas foi ao lado do cantor e ator Dean Martin que começou a ser conhecido, a partir de 1946, formando uma dupla memorável do humor norte-americano.

Durante uma década os dois protagonizaram vários filmes de comédia, como "My Friend Irma" (1949) ou "The Crazy Singer" (1951), entre outros, cujas receitas de bilheteira renderam vários milhões de dólares.

Depois de se separarem, em 1956, Lewis continuou a sua carreira, não só como ator mas também como argumentista, diretor e produtor. No início dos anos 70, passou a dedicar-se mais à televisão.

Protagonista de meia centena de filmes, Lewis trabalhou em 1983 com o realizador Martin Scorsese, em "O Rei da Comédia", e, em 1993, em "Arizona Dream", com Emir Kusturica.

Um dos seus últimos filmes, "Max Rose", realizado por Daniel Noah, participou no Festival de Cannes em 2013. Em 2016 entrou em "Polícias corruptos", onde interpretou o papel de pai do protagonista, Nicolas Cage.

Ao longo da sua carreira, Lewis recebeu várias condecorações e distinções, como a Legião de Honra da França (1984) ou o Leão de Ouro, pela sua carreira, na Mostra de Veneza de 1999.

Jerry Lewis casou-se duas vezes. A primeira com a cantora Patty Palmer (1944-1980), com quem teve cinco filhos, e em 1983 com uma bailarina de Las Vegas, Sandee Pitnick, de quem teve uma filha.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon