Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Mourinho: "A minha esposa disse não"

Sportinveste 10/06/2014 Fonte: Sportinveste Multimédia

José Mourinho esteve para assumir o cargo de selecionador inglês depois de ter deixado o Chelsea em 2007/08. A possibilidade acabou por cair por terro devido... à esposa. "Estive muito perto de assumir a seleção de Inglaterra, mas a minha mulher disse-me para não aceitar. E ela tinha razão. Não podia esperar dois anos por uma grande competição e defrontar adversários como o São Marino e o Cazaquistão", explicou o treinador português, em declarações ao "Yahoo".

"O que é que eu iria fazer durante a semana? Assistir aos treinos dos jogadores nas respetivas equipas e pedir autorização para estar com eles? Preciso de trabalhar com eles, participar na sua evolução", continuou.

"Tinha todas as razões para aceitar o convite, pelo prestígio do cargo e também porque estava a ser muito incentivado por Lampard, Terry e Cole. Eles diziam-me: Aceita. Os jogadores dos outros clubes também te querem como selecionador. Estive muito perto, mas a minha mulher tinha razão. Não era o trabalho certo para mim há sete anos, não é no presente e penso que não será nos próximos sete anos", rematou.

Fonte: O Jogo

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon