Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Mourinho assume-se "totalmente contra" os jogos de preparação de seleções

Logótipo de O Jogo O Jogo 29/03/2017 Alcides Freire
© REUTERS/Lee Smith

Treinador do Manchester United viu-se privado de dois defesas durante a pausa para jogos internacionais, com as lesões de Smalling e Phil Jones.

José Mourinho assumiu esta quarta-feira uma posição contrária à realização de jogos de preparação entre seleções. Em declarações à Sky Sports, o técnico do Manchester United abordou as lesões de Smalling e Phil Jones, dois internacionais ingleses dos "red devils" que regressaram da concentração da equipa nacional com problemas físicos.

"Sou totalmente contra os jogos de preparação entre seleções. Acho que só fariam sentido antes da realização de grandes provas internacionais. Algumas semanas antes dos Europeus ou dos Mundiais fazem sentido. Mas misturados com jogos de qualificação não", afirmou o "Special One", utilizando as lesões de Smalling e Jones como exemplos das desvantagens:

"Não sei como é que ambos os centrais se lesionaram, só sei que foi no treino. Se compararmos a nossa situação à dos nossos adversários, sabemos que será difícil. O West Bromwich só teve um jogador nos compromissos internacionais. Tiveram tempo para trabalhar, para descansar e prepararem o jogo. Vai ser complicado", rematou Mourinho, aludindo ao encontro da 30ª jornada da Premier League, agendado para as 15h00 de sábado.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon