Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Mourinho e Lukaku tramam o Chelsea

Logótipo de O Jogo O Jogo 07/07/2017 Alcides Freire
© Fornecido por O jogo

Red devils chegaram a acordo com o Everton, numa transferência que bate o recorde entre clubes britânicos e passa a ser a mais cara do defeso. Técnico recupera avançado que deixou sair do Chelsea

O Manchester United prepara-se para anunciar a contratação de Lukaku por 85,4 milhões de euros, a segunda contratação mais cara de sempre da Premier League, depois dos 105 milhões investidos em Paul Pogba no verão passado. A operação foi confirmada por "fontes" dos red devils aos média britânicos e representa um rude golpe nos planos do Chelsea, atual campeão, que apontara ao avançado de 24 anos como alvo prioritário para o lugar de Diego Costa.

Concluída esta transferência, parece gorada a hipótese de Morata seguir para Old Trafford, aventando-se a possibilidade de serem os blues a ocupar a vaga nas negociações com o Real Madrid, pois o seu técnico, Antonio Conte, precisa com urgência de uma alternativa fiável para o ataque.

A estratégia do United relativamente a Lukaku passou pelo secretismo das negociações, em curso há várias semanas. Apesar de ter saído do Chelsea sob o comando de Mourinho, em 2013/14, o internacional belga esclareceria ter-se tratado de uma opção sua, aceite pelo treinador luso, por quem já assumiu grande admiração. Ao contrário do que acreditavam os londrinos, Lukaku preferia os red devils e a intermediação de Mino Raiola - representante de Pogba - foi ao encontro dos anseios do ponta de lança, autor de 25 golos na liga em 2016/17 pelos toffees. Ainda assim, o jornal "The Guardian" refere um última oferta do Chelsea para tentar reverter o processo - o que parece improvável.

O Everton realiza assim a maior venda da história entre clubes ingleses e o mais certo é ver-se Lukaku na comitiva do Manchester United que parte domingo para os EUA.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon