Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Mourinho falou sobre saídas: a de Rooney para a China e a sua para o Real Madrid

Logótipo de O Jogo O Jogo 21/02/2017 Ana Proença
© Reuters / Robert Pratta Livepic

José Mourinho disse esta terça-feira não poder garantir que Wayne Rooney permaneça no Manchester United até ao final desta temporada.

Na antevisão do jogo com o Saint-Étienne, para a Liga Europa, desta quarta-feira, José Mourinho desesperou com as perguntas do jornalistas sobre um jogador que nem sequer viajou para França.

"Têm de lhe perguntar a ele, não a mim. Se não posso garantir que vou estar aqui na próxima semana, como querem que eu garanta que Wayne Rooney vai estar aqui na próxima época", respondeu José Mourinho.

As perguntas em redor da permanência do capitão surgem na sequência das notícias que dão conta de uma eventual mudança do internacional inglês para a Super Liga Chinesa, cujo janela de transferências está aberta até 28 de fevereiro.

"O que posso garantir é que se Wayne deixar um dia o clube, não será por minha causa, pois eu estou contente por poder contar com ele. Não quero que ele vá embora", adiantou ainda o treinador português, garantindo que o capitão não viajou para França única e exclusivamente devido a estar lesionado.

Interrogado sobre um seu eventual regresso ao comando técnico do Real Madrid, Mourinho disse estar feliz no Manchester United: "Tenho dois anos de contrato com o United e a menos que queiram que eu vá embora, estou a adorar trabalhar para este clube. Para sair, terá de ser a direção do clube a querer"

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon