Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Mourinho tenta quarto título europeu, mas há mais em jogo

Logótipo de O Jogo O Jogo 24/05/2017 Alcides Freire

Quem erguer o troféu entra diretamente na Champions e o Manchester United não tem outra forma de lá chegar.

José Mourinho disputa hoje a quarta final europeia da sua carreira, excluindo a Supertaça da UEFA, e procura manter o seu registo cem por cento vitorioso, depois de ter ganho a Taça UEFA e a Liga dos Campeões pelo FC Porto, em 2003 e 2004, e a Champions pelo Inter, em 2010. O Man. United é o terceiro clube pelo qual atinge uma final e se o treinador português sair esta noite triunfante do Friends Arena, em Estocolmo, dará aos red devils o único troféu que lhes falta no palmarés. Refira-se que o adversário, o Ajax, é uma das quatro equipas europeias que já fizeram o pleno, sendo as outras a Juventus, o Bayern e o Chelsea.

© EPA/Steve Bardens

citacaoMourinho estreou-se a ganhar uma prova europeia em 2003 e venceu a sua terceira em 2010. Hoje pode conquistar o quarto título europeu da carreira e o terceiro troféu na época de estreia nos red devils

Para as equipas hoje em campo, mais habituadas a jogar a Liga dos Campeões, a vitória terá uma dupla importância. Por um lado, será garantia de entrada direta na Champions - sendo que, no caso do United, esta é mesmo a única via para aceder à competição -, por outro significa um regresso aos títulos internacionais. Os ingleses foram campeões europeus pela última vez em 2008 - tendo sido finalistas vencidos em 2009 e 2011 -, enquanto os holandeses conquistaram a Champions em 1995, perdendo a final de 1996.

Embora favorito, o Man. United e Mourinho - que já ganhou a Supertaça e a Taça da Liga esta época - chegam a este desafio sem poderem contar com inúmeros jogadores, como o castigado Bailly, mas sobretudo o lesionado Ibrahimovic, para além de Rojo, Shaw e Young, também magoados. Do lado do Ajax, o principal ausente é o defesa Viergever, expulso num dos jogos das meias-finais diante do Lyon.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon