Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Mourinho volta a criticar os jogadores: "Temos de matar os jogos"

Logótipo de O Jogo O Jogo 14/04/2017 Hugo M. Monteiro
© EPA/JULIEN WARNAND

Treinador do Manchester United não gostou de ver a equipa ceder um empate nos minutos finais do jogo

José Mourinho não se mostrou satisfeito após o apito final do empate frente ao Anderlecht (1-1), uma vez que o Manchester United cedeu o golo do empate nos minutos finais da partida.

"O resultado podia ser muito melhor e a culpa disso é toda nossa. Tivemos o jogo facilitado na segunda parte e não atacamos com esse instinto de matar o jogo", começou por dizer, após o final do jogo.

"Se fosse um dos nossos defesas teria ficado muito chateado com os jogadores do ataque, porque esses têm de matar o jogo e não o fizeram. As decisões foram erradas e talvez a única correta foi o remate de Pogba, que acabou numa grande defesa do guarda-redes", rematou.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon