Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

MP acusa liquidatário judicial suspeito de se apropriar de mais de 250 mil euros

Logótipo de O Jogo O Jogo 11/07/2017 Administrator

O Ministério Público (MP) deduziu acusação contra um liquidatário judicial suspeito de se ter apropriado de mais de 250 mil euros, provenientes da venda de bens em processos de falência, informou hoje a Procuradoria-Geral Distrital (PGD) do Porto.

De acordo com uma nota publicada na página oficial da PGD do Porto, na Internet, o arguido está acusado de dois crimes de peculato.

Os factos, ocorridos entre 2005 e 2009, estão relacionados com dois processos de falência que correram termos no Tribunal do Comércio de Vila Nova de Gaia.

Segundo a acusação, o suspeito procedeu à venda de um imóvel por negociação particular, depositou o produto da venda na conta da massa falida, de que tinha poderes de movimentação, e fez seus cerca de 253 mil euros, mediante levantamentos parcelares que foi efetuando.

Numa outra situação, o arguido terá vendido diversos bens pertencentes à massa falida, procedendo depois ao depósito do produto da venda, mas foi efetuando posteriormente levantamentos parcelares desta conta em seu próprio proveito, apropriando-se de 33 mil euros.

O MP refere, no entanto, que neste caso o arguido procedeu à devolução da quantia apropriada.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon