Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Muguruza e Pliskova iniciam finais do WTA a vencer Ostapenko e Venus

Logótipo de O Jogo O Jogo 22/10/2017 Hugo M. Monteiro

Com esta vitória, Muguruza passa a liderar a prova, por ter cedido menos jogos.

© REUTERS/Jeremy Lee

Garbiñe Muguruza e Karolina Pliskova entraram este domingo a vencer nas finais do circuito WTA, em Singapura, ao derrotarem a letã Jelena Ostapenko e a norte-americana Venus Williams, respetivamente.

Muguruza, segundo do ranking mundial, impôs-se a Ostapenko por 6-3 e 6-4, enquanto Pliskova, terceira, bateu Venus por 6-2 e 6-2, pelo que passa a liderar a prova, por ter cedido menos jogos.

Karolina Pliskova, de 25 anos, apostou num jogo muito físico e precisou de apenas 72 minutos frente à rival norte-americana, de 37 anos, e que é a única das oito participantes a ter vencido em Singapura.

Paralelamente, Venus foi finalista esta época na Austrália e em Wimbledon, mas é a única tenista em competição que não venceu qualquer torneio em 2017.

Pliskova, que reinou em Brisbane, Doha e Eastbourne, e foi uma das cinco atletas a liderar o ranking mundial em 2017, tenta ser a primeira checa a vencer o troféu Billie Jean King depois de Martina Navratilova (1978 e 1979), Jana Novotna (1997) e Petra Kvitova (2011).

A espanhola Muguruza, campeã em Wimbledon, precisou de apenas uma hora e 25 minutos para bater a vencedora de Roland Garros, Ostapenko, que é a mais jovem das oito finalistas do Masters, sendo estreante, com apenas 20 anos.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon