Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Mundial2014: Rousseff, Blatter e Ban Ki-moon comprometidos em promover a paz

Logótipo de LusaLusa 13/06/2014 Lusa

São Paulo, Brasil, 13 jun (Lusa) – A Presidente do Brasil, Dilma Rousseff, o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, e o presidente da FIFA, Joseph Blatter, comprometeram-se, esta quinta-feira, a promover a paz e a luta contra todo o tipo de discriminação durante o Mundial.

“Hoje empenhamo-nos não só pela vitória no desporto, mas também pela vitória da paz. O Brasil, as Nações Unidas e a FIFA partilham uma mensagem de paz, tolerância e respeito pelos direitos humanos”, refere um comunicado conjunto, divulgado em São Paulo, pelo organismo máximo do futebol mundial.

Rousseff, Ban Ki-moon e Blatter reuniram-se antes do jogo de abertura do Mundial, disputado entre o Brasil e a Croácia, no estádio Arena Corinthians.

SEBASTIAO MOREIRA/EFE © @ EPA / SEBASTIAO MOREIRA SEBASTIAO MOREIRA/EFE

“Unidos pelo espírito coletivo com os jogadores, árbitros e adeptos de todo o mundo, juntamos nossas vozes para lutar contra todas as formas de discriminação e a favor do respeito mútuo, independentemente do género, raça, origem étnica, orientação sexual, religião ou classe”, refere o mesmo comunicado.

Trata-se de “valores universais e anseios que nos comprometemos a continuar a promover neste Mundial e além dele", conclui a nota conjunta, citada pela agência Efe.

A mensagem será divulgada nas 12 sedes do Mundial antes dos restantes 63 jogos, informou a FIFA, destacando que o desporto tem o “poder” de unir todas as esferas e origens sociais.

DM // DM.

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon