Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Mundial2018: Fonte sente-se "abençoado" e diz que é obrigatório vencer a Letónia

Logótipo de LusaLusa 09/11/2016
MIGUEL A. LOPES/LUSA © LUSA / MIGUEL A. LOPES MIGUEL A. LOPES/LUSA

Oeiras, 09 nov (Lusa) - O defesa José Fonte afirmou hoje que Portugal está obrigado a vencer no domingo a Letónia, na qualificação para o Mundial2018 de futebol, e confessou que se sente "abençoado" pela carreira que tem tido na seleção nacional.

"Sou uma pessoa abençoada. Agradeço tudo aquilo que atingi até aqui e não dou nada de garantido. Trabalhei muito para atingir este nível e sei que para me manter tenho que trabalhar ainda mais", afirmou José Fonte, acrescentado que estará sempre "disponível" e que nunca irá renunciar à possibilidade de vestir a camisola das ‘quinas’. "Acredito que ainda posso jogar mais alguns anos", adiantou o jogador de 32 anos

O central do Southampton falava em conferência de imprensa minutos antes de mais um treino de Portugal na Cidade do Futebol, em Oeiras, de preparação para o embate com a Letónia, do Grupo B da fase de apuramento para o próximo Campeonato do Mundo, que vai decorrer na Rússia.

"Por agora dependemos só de nós e temos que ganhar os jogos todos. Somos favoritos, mas não há facilitismos. Podemos sim ter dificuldades se não formos respeitadores e se não estivermos ao nosso melhor nível. É para entrar com tudo e ganhar o jogo de qualquer forma", disse.

Com Pepe ausente, José Fonte assumiu que os "melhores fazem sempre falta", mas lembrou que Portugal tem em Bruno Alves e Luís Neto dois "excelentes jogadores" para ocupar o lugar deixado vago pelo central do Real Madrid.

"Nas meias-finais no Europeu joguei com o Bruno Alves e correu bem. A comunicação foi boa e é um jogador com quem gosto muito de jogar ao lado. A comunicação é muito importante entre os centrais", lembrou o futebolista formado no Sporting, referindo-se ao triunfo por 2-0 sobre o País de Gales, em Lyon.

Fonte, que deverá atingir as 20 internacionalizações perante a Letónia, enalteceu a qualidade dos jogadores que estão agora a aparecer na seleção nacional, como André Silva, Gelson Martins e João Cancelo, e considerou que Portugal pode chegar ao Mundial2018 ainda mais forte do que no Euro2016.

"Temos jogadores jovens a crescer com grande qualidade, mas que precisam de tempo para potencializar essa qualidade. Com jogos, com minutos, com mais experiência isso será possível. É com otimismo que olhamos para todos estes jovens", referiu.

O Portugal-Letónia, da quarta jornada do Grupo B, está agendado para 13 de novembro, domingo, no Estádio Algarve, e terá arbitragem do escocês Bobby Madden.

A seleção nacional, atual campeã da Europa, ocupa o segundo lugar do agrupamento com seis pontos, menos três do que a Suíça, que lidera. A formação letã é quinta e antepenúltima com apenas três pontos.

LG/MYO // NF

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon