Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Mundial2018: Portugal tenta primeiro triunfo no apuramento perante 'frágil' Andorra

Logótipo de LusaLusa 07/10/2016
MÁRIO CRUZ/LUSA © LUSA / MÁRIO CRUZ MÁRIO CRUZ/LUSA

Redação, 07 out (Lusa) - A seleção portuguesa de futebol procura hoje alcançar, frente à frágil equipa de Andorra, a sua primeira vitória no Grupo B de qualificação para o Mundial2018, sem Nani, mas com Cristiano Ronaldo de regresso.

Em Aveiro, o jogador do Real Madrid vai vestir pela primeira vez a camisola lusa desde que Portugal se sagrou campeão europeu, num duelo em que se espera uma goleada, já que Andorra aparece como a equipa mais fraca do agrupamento.

Por seu lado, Nani, que capitaneou a seleção lusa na estreia no apuramento na Suíça (derrota por 2-0), é ‘baixa’ certa devido a lesão e abre lugar no ‘onze’ a André Silva, que, tudo indica, deverá ser o companheiro de Ronaldo no ataque.

Enquanto Portugal defronta Andorra pela quarta vez, o selecionador Fernando Santos estará a torcer para que a Suíça ‘tropece’ na sua deslocação à Hungria, embora os magiares tenham protagonizado um dos resultados mais surpreendentes da primeira jornada, ao empatar nas Ilhas Faroé (0-0), onde Portugal vai jogar na segunda-feira.

Com um registo de três derrotas, com 14 golos sofridos e apenas um marcado nos confrontos com Portugal, Andorra vai tentar sair de Aveiro com um resultado ‘leve’, embora tenha iniciado a qualificação com um desaire mínimo caseiro (1-0) frente à Letónia.

Portugal está a tentar alcançar o quinto apuramento seguido para a fase final de um Mundial e o sétimo de toda a sua história.

O Portugal-Andorra, com mais de 20 mil pessoas esperadas no Estádio Municipal da Aveiro, está agendado para as 19:45 e terá arbitragem do austríaco Oliver Drachta.

Antes do apito inicial, vai ser cumprido um minuto de silêncio em memória do ex-futebolista e ex-treinador Mário Wilson, que morreu na segunda-feira aos 86 anos.

LG // PA

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon