Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Murray ameaça liderança de Djokovic, João Sousa desceu nove lugares no 'ranking'

Logótipo de LusaLusa 31/10/2016 Alexandra Oliveira
LISI NIESNER/EPA © EPA / LISI NIESNER LISI NIESNER/EPA

Redação, 31 out (Lusa) – A vitória alcançada no domingo no torneio de Viena permitiu ao britânico Andy Murray aproximar-se do sérvio Novak Djokovic, que lidera a classificação do ténis mundial, na qual o português João Sousa desceu nove lugares.

Para destronar Djokovic da liderança, que ocupa desde julho de 2014, Andy Murray terá de vencer na próxima semana o Masters 1.000 de Paris e esperar que o sérvio falhe a final da competição francesa.

Murray, que segue a 1.915 pontos de Djokovic, venceu no domingo o torneio de Viena, impondo-­se na final ao francês Jo-Wilfried Tsonga, em dois ‘sets’, pelos parciais de 6-3 e 7-6 (8-6).

No mesmo torneio, o português João Sousa foi afastado na segunda ronda, ao perder com o espanhol David Ferrer por 6-2 e 7-6 (7-4), caindo nove lugares na classificação, do 34.º para o 43.º posto.

Gastão Elias, que na semana passada alcançou a sua melhor classificação de sempre, ao fixar-se no 57.º lugar, também desceu nove lugares.

Na passada terça-feira, o português foi afastado na primeira ronda do ‘challenger’ de Lima, no qual defendia o título, ao perder com o brasileiro Andre Ghem, por 6-2 e 6-4.

O suíço Stan Wawrinka continua a ocupar o terceiro lugar do ‘ranking’, tendo o japonês Kei Nishikori subido ao quarto lugar, por troca com o canadiano Milos Raonic, que é agora quinto.

No quadro feminino, a alemã Angelique Kerber mantém-se na liderança - já com a garantia de que não a perderá até final do ano -, seguida da norte-americana Serena Williams e da polaca Agnieska Radwanska, segunda e terceira, respetivamente.

A eslovaca Dominika Cibulkova, que no domingo se impôs a Kerber na final do Masters, em Singapura, subiu do oitavo para o quinto posto.

A número um portuguesa, Michelle Larcher de Brito, ‘caiu’ seis lugares na classificação mundial e surge esta semana na posição 232.

AO (NF) // VR

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon