Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Murray contra "wildcards" para castigados por doping

Logótipo de O Jogo O Jogo 01/03/2017 O Jogo

Número um mundial a propósito de Maria Sharapova já ter sido convidada para três torneios

No mesmo dia em que Maria Sharapova recebeu convite para participar num torneio em Roma, Andy Murray manifestou-se contra a atribuição de "wildcards" a atletas que tenham estado suspensos por doping.

É o caso da russa, que se encontra a cumprir uma suspensão de 15 meses, a terminar em abril, tendo já sido convidada para três torneios: Estugarda, Madrid e, agora, Roma.

© REUTERS/Ahmed Jadallah

"A maioria dos torneios fará o que eles pensam que é melhor para eles. Se eles pensam que ter grandes nomes vende mais bilhetes, assim o farão", defendeu o número um mundial.

A organização do torneio de Wimbledon, um dos quatro Grand Slams, poderá deparar-se com essa questão e Murray também se pronunciou a respeito.

"Ela vai ter uma oportunidade de tentar melhorar o seu ranking até essa altura [julho] que provavelmente não vai precisar de nenhum 'wildcard'", disse.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon