Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Museu Berardo de Estremoz vai ser instalado num palácio setecentista

Logótipo de O Jogo O Jogo 06/07/2017 Administrator

O Museu Berardo de Estremoz vai ser instalado num palácio setecentista da cidade alentejana, apresentando várias coleções particulares do empresário e colecionador de arte Joe Berardo, anunciou hoje o município.

Em comunicado, a Câmara de Estremoz, no distrito de Évora, diz esperar que o novo equipamento cultural da Fundação Berardo, que inicialmente estava previsto ser um Museu do Azulejo, constitua "um espaço museológico de referência em Portugal".

"O visitante vai poder desfrutar do melhor da arte, através de um diversificado acervo que é constituído pelas várias coleções do universo mais vasto da coleção Berardo, considerada uma das mais prestigiadas coleções privadas a nível internacional", refere a autarquia.

Além dos cerca de 1.500 painéis que integram a coleção de azulejos, com exemplares do século XV até à atualidade, o Museu Berardo de Estremoz vai contar com obras das coleções de Arte Deco e Arte Nova, Arte Africana, Arte Shona, figuras em Terracota, cerâmica Bordalo Pinheiro, Arte Latino Americana, Arte Moderna e Contemporânea, coleção Erich Kahn, posters e cartazes, coleção Ernesto de Sousa e Arte Indiana, adianta o município.

De acordo com a câmara municipal, no museu vai ser ainda possível visitar exposições que se desenvolverão com base numa programação anual, que contará com obras de autores dos mais diversos contextos culturais e artísticos, representantes das mais variadas expressões e movimentos conceptuais que integraram a história da arte desde o século XV até à atualidade.

O museu vai ser instalado no Palácio dos Henriques, vulgarmente conhecido em Estremoz por Palácio Tocha, propriedade de Joe Berardo, um imóvel classificado como monumento de interesse público e situado junto ao jardim municipal, cuja recuperação vai ser efetuada pela Fundação Berardo, contando com financiamento comunitário.

O Palácio dos Henriques é um imponente imóvel setecentista, situado no Largo D. José I.

Para o município, a instalação do museu e a recuperação integral do edifício contribui para "a reabilitação do património cultural da cidade e para a diversificação da oferta cultural e turística do concelho".

No interior do edifício destacam-se as salas e corredores cobertos por painéis de azulejos setecentistas.

No edifício funcionou um hotel no século XX.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon