Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Museus da Misericórdia do Porto, da Batalha, Douro e Leiria entram na Rede Portuguesa

Logótipo de O Jogo O Jogo 07/07/2017 Administrator

A Rede Portuguesa de Museus (RPM) vai passar a contar com mais quatro instituições, aumentando o número de membros para 149, de acordo com um diploma publicado na quinta-feira em Diário da República (DR).

De acordo com o despacho 5977/2017, assinado pelo ministro da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes, foram incluídos na RPM o Museu do Douro, com sede na Régua e diferentes polos na região duriense, o Museu da Comunidade Concelhia da Batalha, no distrito de Leiria, o Museu Municipal de Loulé, no Algarve, e o Museu da Misericórdia do Porto.

Outro despacho publicado na mesma data revela que a RPM retirou a credenciação ao Museu do Brinquedo de Sintra, integrado na rede desde 2004, por se encontrar "encerrado desde 31 de agosto de 2014".

A credenciação de museus na RPM faz-se por candidatura e prevê um processo que passa pela aferição da qualidade da entidade proposta, sendo que a sua integração na rede constitui "um fator de promoção do acesso à cultura e de enriquecimento do património cultural português", lê-se no despacho do ministro.

"Considerando que foi concluído pela Direção-Geral do Património Cultural o procedimento de credenciação de quatro museus, os quais, por preencherem todos os requisitos legais, reúnem todas as condições para integrarem a Rede Portuguesa de Museus", foi publicado o despacho, que tem efeitos desde 20 de junho.

Em abril deste ano, numa entrevista à agência Lusa, a diretora-geral do Património Cultural, Paula Silva, já tinha antecipado esta credenciação.

Desde a criação, em 2000, a RPM - organismo oficial certificador da qualidade e funcionamento dos espaços museológicos no país - tem vindo a promover a partilha de conhecimento, serviços, recursos e boas práticas nesta área.

Atualmente, a RPM reúne perto de centena e meia de museus e palácios, incluindo os nacionais, os tutelados pelas delegações da cultura dos Açores e da Madeira, da administração local e central, de empresas públicas, privados, de fundações, da Igreja Católica e das Misericórdias.

O sistema de adesão parte de uma candidatura voluntária dos museus interessados que é depois avaliada pela Direção-Geral do Património Cultural.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon