Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Nápoles e líder Juventus empatam e Roma fica mais perto do topo

Logótipo de LusaLusa 02/04/2017 Alberto Peres

Redação, 02 abr (Lusa) – Nápoles e Juventus empataram 1-1, para a 30.ª jornada da liga italiana de futebol, numa partida que opôs o terceiro ao líder, respetivamente, e que deixou a Roma, segunda classificada, mais perto do topo.

A líder e pentacampeã Juventus adiantou-se no marcador pelo alemão Sami Khedira, aos sete minutos, após tabela com o bósnio Miralem Pjanic à entrada da área, mas, de seguida, pertenceram aos napolitanos as melhores ocasiões para marcar.

O eslovaco Marek Hamsik, aos 20 minutos, atirou ao lado, após erro defensivo da Juventus, e aos 34 voltou a falhar, por pouco, a baliza do guarda-redes Buffon, tal como o belga Dries Mertens, aos 34, e Lorenzo Insigne, aos 40 e 50.

Com a Juventus a defender, e numa partida apagada do argentino Gonzalo Higuain, no regresso a um estádio que bem conhece, e em que o público não perdoou a ‘traição’ de trocar a formação napolitana pela de Turim, o Nápoles chegou ao empate.

Marek Hamsik, isolado no limite do fora-de-jogo por Dries Mertens, surgiu isolado frente a Buffon e não perdoou, fazendo o empate a 1-1, aos 60 minutos, estabelecendo o resultado final.

A Juventus, que a meio da semana volta a defrontar o Nápoles para a Taça de Itália, lidera agora o campeonato transalpino com 74 pontos, seguido da Roma, com 68, e do Nápoles, com 64.

O AC Milan empatou a um golo na visita ao Pescara, último classificado e ficou mais longe dos lugares que dão acesso às competições europeias.

Em Pescara, um autogolo de Gabriel Paletta, aos 12 minutos, colocou a equipa da casa em vantagem, mas ainda antes do intervalo, aos 41 minutos, Mario Pasalic estabeleceu o resultado final.

O empate, que deu ao Pescara o primeiro ponto desde 19 de fevereiro, mantém o AC Milan na sétima posição, com menos um ponto do que o rival Inter, que na segunda-feira encerra a ronda com a receção à Sampdoria.

O Atalanta, quinto classificado e a primeira equipa em zona europeia, visitou e goleou o Génova por 5-0, num encontro em que a equipa da casa jogou reduzida a 10 desde os 62 minutos, depois da expulsão do chileno Mauricio Pinilla

Um ‘hat-trick’ do argentino Alejandro Gomez, que marcou aos 32, 63, e 83, e tentos de Andrea Conti (25) e Mattia Caldara (76) garantiram o triunfo do Atalanta, que segue a dois pontos da Lazio, que no sábado venceu o Sassuolo por 2-1.

A Fiorentina, orientada pelo português Paulo Sousa, venceu o Bolonha por 1-0, com um golo apontado aos 51 minutos pelo senegalês Khouma Babacar, que ao intervalo substituiu o croata Nikola Kalinic.

O Crotone venceu por 2-1 na visita ao Chievo, mas mesmo assim continua em zona de despromoção, a três pontos do Empoli, a primeira equipa ‘a salvo’, que no sábado perdeu por 2-0 com a Roma.

O Palermo, que também continua ‘afundado’ no fim da tabela, perdeu por 3-1 na receção ao Cagliari, num jogo em que esteve em vantagem, depois do golo de Geancarlo Gonzalez, aos 26 minutos.

No segundo tempo, o Cagliari deu a volta ao resultado, com um ‘bis’ de Artur Ionita (48 e 89) e um golo de Marco Borriello (58).

Torino e Udinese empataram a dois golos, num encontro que a formação de Udine esteve a vencer por 2-0, depois dos golos de Jakub Jantko (50) e Stipe Perica (68).

O Torino, que segue no 10.º lugar, com os mesmos pontos (41) que a Sampdoria empatou a partida com golos de Emiliano Moretti (70) e Andrea Belotti (83).

CIRO FUSCO/ANSA © EPA / CIRO FUSCO CIRO FUSCO/ANSA

A 30.ª jornada encerra na segunda-feira com a visita da Sampdoria ao Inter Milão.

APS (AO) // NFO

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon