Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

"Não há milagres, alguns têm de rasgar", avisa Jorge Jesus

Logótipo de O Jogo O Jogo 27/10/2017 Alcides Freire

O treinador do Sporting, Jorge Jesus, abordou o triunfo frente ao Rio Ave, em jogo da décima jornada da I Liga

© Fornecido por O jogo

Vitória sobre o Rio Ave: "Nós ficamos sempre aliviados depois dos jogos ou mais carregados em função do resultado. Teres vencido aqui, é normal que estejas aliviado. Um jogo difícil, o ano passado perdemos aqui por 3-1. Tivemos uma primeira parte em que perdemos taticamente algum poder em relação à nossa organização defensiva. O Rio Ave teve muito tempo bola, emendámos alguns jogadores e fizemos uma segunda parte equilibrada. Tanto podia entrar um golo de um lado como do outro. Acabámos por vencer e é isso que faz os campeões".

Piccini e Mathieu: "Está-se a pagar a intensidade de jogos de três em três dias. Perdemos dois jogadores muito importantes, o Piccini e o Mathieu com problemas musculares. São jogadores que não vão estar fora uma semana, mas muito mais. Não sou médico, mas sei que isto não é para uma semana, nem para dias. [Jogo com a Juventus] Vai ser uma situação curiosa. O onze da FIFA são tudo jogadores da Juventus, do Barça e do Real. É aquilo que nos tem calhado. Para fazer equilíbrios com essas equipas tens de fazer o dobro. Isto não há milagres, alguns têm de rasgar".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon