Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Nélson Évora denuncia ter sido alvo de racismo

Sportinveste 29/04/2014 Fonte: Sportinveste Multimédia
Nélson Évora classificou-se em segundo lugar em Marraquexe (Marrocos), com um último ensaio de 16,6 ...: Nélson Évora consegue mínimos para os Europeus © Sportinveste Multimédia Nélson Évora consegue mínimos para os Europeus

Atleta revela que foi impedido de entrar numa discoteca por "haver demasiados pretos no grupo".

Nelson Évora lamentou esta terça-feira que ainda existam pessoas com atitudes racistas em pleno século XXI, acrescentando que, ao fim de 23 anos em Portugal, foi a primeira vez que sentiu essa discriminação.

"Tive que viver cá 23 anos da minha vida para acabar por acontecer este incidente. Foi triste", lamentou à agência Lusa Nelson Évora, no Algarve, região onde o atleta se encontra a estagiar.

A denúncia de racismo foi feita na noite de segunda-feira, pelas 22h00, no Facebook, tendo Nelson Évora escrito que na noite de 19 de abril foi-lhe negada a entrada na discoteca lisboeta "Urban Beach" por haver "demasiados pretos no grupo".

Nelson Évora disse que quer esquecer o incidente que descreveu na sua página oficial do facebook, mas sublinhou que "é importante que não se repita com ninguém".

Segundo Nelson Évora, a ida à discoteca teve que ver com uma surpresa organizada por amigos do atleta, para assinalar o seu 30.º aniversário.

"Éramos um grupo de 16 pessoas com mesas pré-reservadas e não é que somos surpreendidos pelos responsáveis daquele espaço público. Porquê? Demasiados pretos no grupo", lê-se no texto escrito pelo atleta no facebook.

Fonte: OJOGO

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon