Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Número de edifícios destruídos pelos incêndios na Califórnia aumentou para 7.000

Logótipo de O Jogo O Jogo 19/10/2017 Administrator

O número de edifícios destruídos pelos incêndios deste mês na Califórnia, que causaram 42 vítimas mortais, aumentou para 7.000 e espera-se que continue a aumentar à medida que as equipas avaliam as áreas ardidas, segundo as autoridades locais.

De acordo com o porta-voz do Departamento da Floresta e de Proteção contra Incêndios, Daniel Berlant, o número de edifícios queimados aumentou de 5.700 para 6.900 quando as equipas avaliaram zonas atingidas onde não tinham conseguido chegar antes.

O responsável indicou que a maioria dos edifícios destruídos recém-descobertos ardeu nos dias 08 e 09 de outubro quando o fogo avançou para a região vitivinícola do norte da Califórnia e outras áreas próximas.

"As estimativas são em estruturas e principalmente em casas, mas também incluem estruturas comerciais e edifícios acessórios às casas, como celeiros e armazéns", explicou Daniel Berlant.

Vinte e duas das 42 mortes causadas pelos incêndios de outubro ocorreram no condado de Sonoma, naquele que foi o terceiro incêndio mais mortal na história do Estado da Califórnia.

Dezenas de milhares de pessoas já voltaram para casa, mas mais de 15.000 permanecem hoje fora dos seus lares.

O governador da Califórnia, Jerry Brown, emitiu no final do dia de quarta-feira uma ordem para acelerar a recuperação dos danos provocados pelo fogo.

Na quarta-feira, os bombeiros do condado californiano de Calfire indicaram que cerca de dez mil bombeiros continuavam envolvidos no combate de 13 fogos importantes.

O número de efetivos envolvidos no combate às chamas chegou a ser superior a 11 mil.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon