Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Na hora da renovação, Benzema fala na falta de golos

Logótipo de O Jogo O Jogo 21/09/2017 Rui Trombinhas

Jogador renovou até 2021

O futebolista Karim Benzema, que renovou contrato pelo Real Madrid até 2021, aliviou a pressão sobre a sua responsabilidade no mau momento dos 'merengues', recordando que "um avançado moderno é mais do que apenas golos".

"Falta-me veia goleadora? Depende de como se vê o futebol. Para mim, um avançado moderno não é apenas golos. Há que participar no jogo, abrir espaços para outros, fazer assistências. Falamos de futebol, não apenas de golos. Entendo as pessoas que criticam porque não marco muitos, mas o futebol são mais coisas", justificou.

Benzema ficou em branco nos três jogos que disputou da Liga espanhola -- um saiu lesionado, aos 28 minutos -, e Cristiano Ronaldo só se estreou na quarta-feira e ficou em 'branco', com o Real Madrid a seguir a sete pontos do FC Barcelona.

"O início não está a ser bom. Acontece com todas as grandes equipas, mas tenho confiança na minha equipa. Estamos bem e trabalhamos juntos. É apenas o início. Estamos sete pontos atrás, mas estamos juntos. O ano passado ganhámos muitos títulos e somos o Real Madrid. Vamos corrigir isso no próximo jogo", confia.

Depois do 0-1 com o Bétis, quarta-feira, que marcou o regresso de Cristiano Ronaldo, o francês, que está lesionado, assume a sua quota-parte: "Há crítica e isso permite-nos estar a alto nível. Faz parte da minha vida. Estou aqui, sei como é. Neste clube há muitas criticas, mas tudo bem. Esperam mais de mim e eu vejo como posso fazer mais e tento melhorar. Estou cá para trabalhar".

© Fornecido por O jogo

Desde que chegou a Madrid, em 2009, Benzema nunca esteve perto dos números do internacional português: "Claro que quero marcar mais. É importante para a equipa, mas também posso fazer mais coisas. Penso na equipa. Trabalho muito em frente à baliza para fazer mais golos, mas também é importante o passe, os movimentos e os espaços criados".

Benzema admitiu estar "muito feliz" por prolongar o vínculo aos bicampeões da Europa, pelos quais já disputou 371 jogos oficiais, sendo o oitavo melhor goleador da história do clube.

"Quando olho para trás, o tempo passa rápido. É um orgulho a minha carreira no Real Madrid. Vou continuar a trabalhar para ganhar títulos. Estou no melhor clube do mundo e quero sempre conquistar títulos. Esforço-me muito diariamente", frisou.

Com 29 anos, terminará o novo vínculo aos 33, pelo que o gaulês assume querer terminar a carreira no clube que lhe tem permitido uma carreira repleta de troféus nacionais e internacionais.

"Gosto do futebol da minha equipa. Claro que quero terminar a carreira aqui. Para mim, não há outro clube como o Real Madrid. Tenho de trabalhar muito para ficar cá. Este vai ser o meu último clube", assegurou.

Antes de pendurar as chuteiras, deseja voltar à seleção francesa, embora admita que isso "não é uma obsessão".

"É verdade que penso na seleção, mas resta-me trabalhar dia a dia. Acredito sempre que vou voltar, não tenho porque baixar os braços", concluiu.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon