Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Nadal segura "trono" do ténis mundial e Murray regressa ao "top-5"

Logótipo de LusaLusa 09/06/2014 Lusa

Redação, 09 jun (Lusa) - O espanhol Rafael Nadal, vencedor do torneio de Roland Garros pela nona vez, conservou a sua posição no topo da classificação mundial de ténis, à frente do sérvio Novak Djokovic, enquanto o britânico Andy Murray regressou ao "top-5".

Entre Djokovic, que poderia regressar a número um mundial se tivesse vencido Nadal no domingo, na final de Paris, e Andy Murray, que ganhou três lugares após a presença nas meias-finais do torneio francês, estão os suíços Stanislas Wawrinka (3.º), eliminado na primeira ronda, e Roger Federer (4.º), batido nos oitavos.

Finalista no ano passado na terra batida parisiense, o espanhol David Ferrer perdeu duas posições, caindo para sétimo, enquanto o letão Ernests Gulbis, semifinalista no Grand Slam francês, continua a sua escalada e saltou para a décima posição, subindo sete lugares.

João Sousa, o melhor português de sempre na tabela ATP, desceu esta semana três postos, para o 47.º, depois de ter sido afastado na ronda inaugural de Roland Garros por Djokovic.

Gastão Elias, que superou o "qualifying" e também perdeu de entrada em Paris, chegou depois à segunda eliminatória em Furth e, no conjunto dos dois eventos, arrecadou pontos suficientes para subir dez lugares e chegar a 168.º.

Na lista feminina, a romena Simona Halep subiu ao terceiro lugar, depois de perder a final de Roland Garros, no sábado, com a russa Maria Sharapova, que, por seu turno, subiu três posições e regressou ao "top-5" graças ao seu segundo título em Paris.

Num "ranking" que continua a ser liderado pela norte-americana Serena Williams, seguida pela chinesa Li Na, ambas eliminadas de forma prematura em Paris, Halep trocou de posição com a polaca Agnieszka Radwanska (4.º), eliminada na terceira ronda.

As semifinalistas derrotadas também tiraram proveito do seu desempenho: a canadiana Eugénie Bouchard subiu quatro lugares, para 12.º, e a alemã Andrea Petkovic trepou sete posições, para 20.º.

Entre as portugueses, Michelle Larcher de Brito subiu 17 lugares e instalou-se em 105.º, graças aos 82 pontos que somou em Roland Garros, onde passou o qualifying e perdeu na primeira ronda, e no torneio ITF de Nottingham, em que atingiu meias-finais, enquanto Maria João Koehler avançou dois degraus, para o 220.º posto.

PA // PA

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon